keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Acontece nesta quarta-feira o júri dos acusados de matar empresário em BC

Crime ocorreu em 2020 e, conforme a denúncia, foi motivado pela cobrança de uma dívida. Vítima foi morta na frente da própria casa.

X

Começa nesta quarta-feira, às 9 horas, o julgamento pelo Tribunal do Júri de Balneário Camboriú dos cinco acusados – um advogado, sua namorada e outros três envolvidos – pela morte do empresário Luiz Cavazzotto. O assassinato ocorreu em janeiro de 2020, na frente da casa da vítima, e, conforme a denúncia, foi motivado porque o empresário cobrava de um dos réus, o advogado, uma dívida referente à venda de um carro no valor de R$ 100 mil.

Para o Ministério Público de Santa Catarina, o homicídio foi duplamente qualificado – praticado por motivo torpe e sem possibilidade de defesa pela vítima.

Relembre o caso

Conforme a denúncia, o assassinato foi planejado pelo advogado e sua namorada. Ele ficou incomodado com a cobrança de uma dívida de R$ 100 mil que a vítima insistia em receber.

Por meio de um amigo, preso depois no Rio Grande do Sul, o casal contratou um homem para executar o crime. Um dia antes, o acusado de ser o autor dos disparos e o advogado roubaram um veículo em Itajaí. Uma quinta pessoa, também contatada por meio do homem preso no Rio Grande do Sul, trocou a placa do carro por uma clonada.

No dia do crime, o denunciado apontado como o autor dos disparos estacionou próximo à casa do empresário e o advogado, ainda segundo a denúncia, ficou próximo do local. Quando a vítima foi se despedir do amigo na frente da sua casa, o criminoso a alvejou com seis tiros, causando a morte de Cavazzotto no local.

O advogado e o executor do assassinato foram denunciados por homicídio, roubo de veículo e adulteração de sinal identificador de veículo. A namorada do advogado, por homicídio. Já o homem preso no Rio Grande do Sul vai ser julgado por homicídio e adulteração de sinal identificador de veículo, mesmo crime pelo qual responde o suspeito de ter alterado a placa.

 Atuarão pelo Ministério Público de Santa Catarina os Promotores de Justiça Luis Eduardo Couto de Oliveira Souto, da 8ª Promotoria de Justiça da Comarca de Balneário Camboriú, Marcio Cota e Alexandre Carrinho Muniz, como integrantes do GEJURI.

Fonte: Clicsc

Segurança

Traficante é preso com 100 pés de supermaconha em Florianópolis

O local onde a droga foi encontrada foi em uma casa no bairro Rio Vermelho

Segurança

Ciclista de 20 anos morre após perder o freio e bater em muro de casa

O acidente ocorreu por volta das 16 horas deste sábado (22)

Segurança

Acidente mata motociclista na BR-101 em Balneário Camboriú

O motociclista não resistiu aos ferimentos e morreu no local do acidente

Segurança

Jovem morre após capotar o carro e cair em córrego

A vítima teve o corpo parcialmente lançado para fora do carro

Segurança

Jovem é encontrado morto com terra na boca em calçada

Segundo informações, o jovem foi encontrado em uma calçada, inconsciente e com sinais de espancamento na cabeça

Mais notícias

Segurança

Traficante é preso com 100 pés de supermaconha em Florianópolis

O local onde a droga foi encontrada foi em uma casa no bairro Rio Vermelho