keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

ALERTA! Mãe denuncia tentativa de sequestro de menina de 3 anos

Um boletim de ocorrência foi lavrado pelos policias militares e a Polícia Civil deverá investigar o caso

X
Imagem Ilustrativa

Uma mulher denunciou uma tentativa de sequestro de uma menina de 3 anos na cidade de Criciúma no último sábado (04). O caso foi denunciado à Polícia Militar (PM). Segundo o relato da mãe da menina, vizinhos a chamaram dizendo que um Toyota Corolla preto teria parado na frente da casa da família e levado a menina de que estava brincando no pátio da residência.

De acordo com a PM, uma vizinha teria localizado a menina de 3 anos em um parque próximo da residência e entregue para a mãe. A mulher não soube dar mais detalhes sobre o carro ou os possíveis autores. Apenas que seria um Toyota Corolla Preto.

Um boletim de ocorrência foi lavrado pelos policias militares e a Polícia Civil deverá investigar o caso.

Fonte: Clicsc

Segurança

Bebê com hematoma é levado morto para UPA de SC e pais são presos em flagrante

Pai da criança, um homem de 19 anos, relatou que a esposa, 17, deixou o bebê com ele para comprar um lanche

Segurança

Servidores são flagrados transando em carro da prefeitura durante expediente

Denúncia será investigada e um processo administrativo vai ser aberto para apurar o fato

Segurança

Jovem de 24 anos morre após bater moto em carro na BR-282

Vítima pilotava uma Honda/Biz e morreu no local do acidente.

Segurança

Motorista perde controle, bate em muro e duas pessoas morrem em SC

Outras duas pessoas foram resgatadas com ferimentos

Segurança

Criança brinca de ‘Bumba meu Boi’ e acaba com panela de pressão presa na cabeça

Utensílio só foi retirado quando o bebê dormiu, depois de ser medicado.

Mais notícias

Segurança

Bebê com hematoma é levado morto para UPA de SC e pais são presos em flagrante

Pai da criança, um homem de 19 anos, relatou que a esposa, 17, deixou o bebê com ele para comprar um lanche

coronavirus

Coronavírus em SC: Estado confirma 1.169.031 casos e 19.075 mortes

Na comparação com o boletim anterior, diminuiu em 26 o número de casos ativos e há 8 óbitos adicionais