keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Anvisa regulamenta remédio mais caro do mundo utilizado no tratamento de AME

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou no Diário Oficial desta segunda-feira (17) a regulamentação do medicamento Zolgensma no Brasil. O remédio é utilizado para o tratamento de crianças que têm Atrofia Muscular Espinhal. Considerado o mais caro do mundo, chega a custar R$ 10 milhões de reais.

Em julho, o deputado federal Rogério Peninha Mendonça (MDB/SC) conseguiu fazer com que o presidente Bolsonaro atendesse sua indicação e zerasse o imposto de importação do medicamento, que chegava a R$ 2 milhões. “As famílias das crianças com AME fazem vaquinhas, mobilizam a internet e o Brasil todo para conseguir arrecadar o dinheiro e salvar seus filhos. É impossível não se sensibilizar”, justifica Peninha.

A AME é uma doença degenerativa grave que paralisa os músculos, sistema respiratório e deglutição. O Zolgensma pode levar à cura em uma única dose, mas é preciso que seja administrado até os 2 anos de idade. Peninha vinha atuando pela liberação da Anvisa. “Agora, a luta é pela sua inclusão no SUS”, finaliza. 

Mais notícias