keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Baleia-jubarte que ficou presa em rede encalha morta em Florianópolis

Baleia foi enterrada na praia com a ajuda de uma máquina retroescavadeira

X

Uma baleia-jubarte (Megaptera novaeangliae) encalhou morta na Praia dos Açores, no Sul da Ilha de Santa Catarina, na noite de terça-feira (15). Nesta quarta-feira (16), a equipe realizou o exame necroscópico no local. Como o animal juvenil de 7,5 metros de comprimento estava em avançado estágio de decomposição, não foi possível identificar a causa da morte. A baleia foi enterrada na praia com a ajuda de uma máquina retroescavadeira. De acordo com o médico veterinário Sandro Sandri, devido ao avançado estágio de autólise e heterólise (decomposição interna e externa) não há possibilidade de identificar a causa da morte e nem o sexo.

Além da equipe da R3 Animal/Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), a operação contou com o apoio da Polícia Militar Ambiental e da Intendência do Pântano do Sul da Prefeitura de Florianópolis, que cedeu a máquina retroescavadeira.   Há suspeita que esta baleia seja o animal que estava preso em redes de pesca há dias, próximo à Praia da Solidão.  Esta é a quinta ocorrência de baleias-jubarte mortas em Florianópolis este ano.

Foto: Regina Reis/R3 Animal

Migração anual

Este ano, Santa Catarina tem registrado diversas ocorrências envolvendo baleias-jubarte no litoral. Esses animais migram para o litoral brasileiro para se reproduzir, mas, a principal área de concentração é o Banco dos Abrolhos, uma extensão da plataforma continental localizada no sul da Bahia e norte do Espírito Santo. As baleias-jubarte já saíram da lista de espécies ameaçadas de extinção e agora com o aumento populacional estão aparecendo com mais frequência em outros locais da costa brasileira.

Elas podem atingir cerca de 16 metros de comprimento e pesar entre 35 a 40 toneladas. Se alimentam basicamente de pequenos crustáceos chamados de Krills, filtrando água através das barbatanas (placas de queratina que descem do céu da boca).

Ao avistar uma baleia nadando em nosso litoral é importante que as embarcações sigam a legislação e mantenham uma distância mínima de 100 metros do animal, evitando interromper o deslocamento das baleias.

Geral

“Prejuízo à agricultura, às pessoas e congelamento de água”, alerta meteorologista

Riscos de hipotermia para pessoas como moradores de rua, e animais de criação e estimação

Geral

Santa Catarina em alerta: Onda de frio será a mais forte em 66 anos

Máxima em Santa Catarina poderá ser de 0°C e mínimas de -10°C na Serra

Geral

Saiba como funcionará o retorno de quadra entre as avenidas Campos Novos, Adolfo Konder e Nilo Simas em Itajaí

Solução viária solucionará os congestionamentos no local e vai organizar o trânsito

Geral

Deputado catarinense sofre acidente na BR-282

O acidente teria acontecido após o motorista desviar de outro veículo que estava parado sobre a pista

Geral

Penha faz aniversário e quem recebe o presente são alunos da rede municipal

Os novos brinquedos contribuirão para o aprendizado e desenvolvimento das crianças

Mais notícias