keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Bebê de SC com doença rara precisa de R$180 mil para custear tratamento com células tronco

A luta também é contra o tempo, pois o valor precisa ser arrecadado até fevereiro de 2022

X
Arquivo Pessoal

A pequena Sophie Louise Cruz Barentin, de Tijucas, tem apenas 1 ano e 1 mês de vida e corre contra o tempo para conseguir passar por um procedimento que promete mudar a sua vida. 

Sophie é filha do repórter Lorran Barentin, do Jornal Razão e da estudante Shara Cruz. A menina nasceu com Paralisia Cerebral e Deficiência Visual, sendo que, recentemente, essa deficiência foi diagnosticada como Hipoplasia do Nervo Óptico. 

A luta é grande, mas surgiu uma luz no fim do túnel. Isso porque nesta segunda-feira, 30 de agosto, Sophie foi aprovada pela Beike Biotecnologia para ser submetida ao mesmo tratamento com células tronco aplicado no pequeno Lucas, também de Tijucas. 

O garoto já apresentou excelentes resultados com o tratamento e este mesmo sucesso é esperado para a Sophie. 

Agora, a campanha #aosolhosdesophie precisa arrecadar R$ 180 mil para custear o tratamento com células tronco. A luta também é contra o tempo, pois o valor precisa ser arrecadado até fevereiro de 2022!

A Vakinha já está disponível no link (clique aqui). 

Uma feijoada beneficente também está sendo organizada. Adquira seu bilhete clicando aqui.

Fonte: Jornal Razão

Geral

Vídeo: Sargento pede a namorada bombeira em casamento no meio de incêndio

O papel chegou a pegar fogo! Depois do pedido, o sargento se ajoelhou na frente da namorada, para formalizar o pedido

Geral

Fotos: parto raro de bebê empelicado é registrado em Santa Catarina

O registro do momento foi compartilhado nas redes sociais da clínica e chamou a atenção dos internautas

Geral

Ação de limpeza nas praias recolhe 30 quilos de resíduos em Itapema

Após a separação identificou-se que 40 % do material coletado era de resíduos que podem ser reciclados

Geral

Tribunal de Contas determina que contrato do Samu em SC não seja prorrogado

decisão do conselheiro substituto Cleber Muniz Gavi é resultado de um processo de instrução instaurado para apurar supostas irregularidades no Samu

Mais notícias

Segurança

Vídeo: Homem caminha com bois furtados em avenida movimentada de Florianópolis

Inicialmente, ele afirmou que os animais eram de seus tios. Porém, ele não tinha a documentação para comprovar sua versão