keyboard_backspace

Página Inicial

Sem categoria

Bombinhas oferece cadeira anfíbia durante a temporada de verão

Equipamento fica disponível de forma itinerante todos os dias

A diversão também está em pauta quando o assunto é inclusão. E como a praia é um local para todos e a alegria deve ser coletiva, a Prefeitura de Bombinhas, por meio da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico – Setur, disponibiliza pelo segundo ano a cadeira anfíbia na programação do Verão Bombinhas Bom Demais. O equipamento permite que pessoas com mobilidade reduzida possam aproveitar as praias de forma segura e confortável. A cadeira está à disposição diariamente até o dia 28 e Fevereiro, de forma itinerante, sempre a partir das 9h, nas praias de Bombas, Bombinhas e Canto Grande, somente nos dias de chuva que o serviço é suspenso.

Os locais e datas podem ser consultados no site http://turismo.bombinhas.sc.gov.br/eventos ou na programação disponível no topo das páginas do facebook /bombinhasSC e /seturbombinhas. Caso haja mais de uma pessoa que necessite dos serviços no mesmo local, o responsável pelo equipamento na praia determina um sistema de rodízio em comum acordo com os usuários.

Um profissional treinado fica responsável pelo equipamento em um ponto de encontro na praia, e caso não tenha demanda, essa pessoa começa a transitar com a cadeira para procurar por quem possa precisar dos serviços, retornando periodicamente para o ponto inicial. Se não tiver demanda no dia na praia agendada, mas haja em outra praia, a Secretaria de Turismo está à disposição para atender conforme a necessidade e os interessados podem entrar em contato pelo (47) 3393-7320.

Mais notícias

Segurança

Identificadas mãe e filha que morreram afogadas em acidente em SC

Os corpos de mãe e da filha estavam no veículo e foram encontrados pelos mergulhadores dos Bombeiros Militares.

coronavirus

Polícia investiga empresa por fraude em oferta de vacina

Entre os municípios que receberam oferta da empresa, sediada em Recife, estão Duque de Caxias e Barra do Piraí, no Rio; e Porto Velho, em Rondônia.