keyboard_backspace

Página Inicial

Brasil

Caças Gripen comprados pelo Brasil recebem batismo operacional

Os caças Gripen FAB 4101 e FAB 4102 foram apresentados hoje (22) na Base Aérea de Santa Cruz, na zona oeste do Rio de Janeiro, com a presença do presidente Jair Bolsonaro. Os dois primeiros […]

X

Os caças Gripen FAB 4101 e FAB 4102 foram apresentados hoje (22) na Base Aérea de Santa Cruz, na zona oeste do Rio de Janeiro, com a presença do presidente Jair Bolsonaro. Os dois primeiros aviões Gripen E, dos 36 contratados pelo Brasil, receberam o batismo operacional, marcando o início da integração das aeronaves à Aviação de Caça brasileira.

A apresentação fez parte da cerimônia militar pelo Dia da Aviação de Caça, que marcou ainda a imposição da medalha Mérito Operacional Brigadeiro Nero Moura e teve a entrega pelo comandante da Aeronáutica, tenente-brigadeiro do ar Carlos de Almeida Baptista Junior, do prêmio de piloto mais eficiente aos que se destacaram nos esquadrões de caça.

Os dois aviões, desenvolvidos pela empresa sueca de defesa e segurança Saab, chegaram ao Brasil no dia 1º de abril, e a previsão da Força Aérea Brasileira (FAB) é que outras quatro aeronaves sejam entregues até o fim deste ano. Conforme o contrato, em 2027 todos os 36 aviões estarão no Brasil. Como o acordo é também de transferência tecnológica, parte dos caças comprados serão fabricados na planta da Embraer, em Gavião Peixoto, São Paulo.

Agora, os caças vão passar pelo processo de certificação militar para receberem a licença de operação inicial no país. Os testes serão feitos por pilotos de prova da FAB, da Embraer e da Saab, no Centro de Ensaios em Voo, em Gavião Peixoto. De acordo com o piloto de ensaio, major Abdon Rezende de Vasconcelos, do Instituto de Pesquisas e Ensaio de Voo da FAB, que é um dos três habilitados para operar o caça até agora, os aviões devem entrar em operação no segundo semestre.

Para o piloto, que está no projeto do caça desde 2018, a aquisição da aeronave representa um salto tecnológico da Aeronáutica no Brasil, que vai resultar na soberania do espaço aéreo do país. “É uma aeronave multimissão, executa missões em ar e em solo de reconhecimento com equipamentos mais modernos dos que temos e também novos sensores estão sendo incorporados”, explicou.

“Isso permite com que o piloto tenha maior consciência situacional em combate e, com isso, ele consegue empregar os seus armamentos de forma mais eficiente. No final, o que a gente procura com esta aeronave é eficiência”, disse, acrescentando que inicialmente as aeronaves irão para a Base Aérea de Anápolis, em Goiás, para o Esquadrão Jaguar.

Na visão do comandante da Força Aérea Brasileira, o elevado grau tecnológico das aeronaves colocará o Brasil novamente na vanguarda da defesa aeroespacial do cenário mundial. O brigadeiro disse que uma alteração no contrato autorizada pelo presidente vai permitir a aquisição de mais quatro aeronaves.

“Nos possibilitará iniciar os estudos para implantação desses vetores em mais uma base aérea a ser decidida oportunamente pelo alto-comando da Aeronáutica. Em paralelo, iniciaremos estudos preliminares para a aquisição de um segundo lote dessas aeronaves a fim de garantir que a desativação das aeronaves de caça mais antigas não acarrete perda da capacidade de cumprirmos nossa missão de defesa da pátria”, disse.

Após a cerimônia, o presidente Jair Bolsonaro visitou duas torres instaladas na Base de Santa Cruz e acompanhou demonstrações militares de aviões com lançamento de artefatos em alvos.

Fonte: Clicsc

Brasil

Meteoro cruza o céu de três Estados brasileiros; veja o vídeo

Os lugares onde o meteoro foi registrado foi Jandira (SP), Curitiba (PR), São José dos Pinhais (PR), Itapema (SC) e Monte Castelo (SC)

Brasil

Diretor do filme “Dois filhos de Francisco” morre após sofre ataque fulminante

Ele dirigiu sucessos de bilheteria como '2 filhos de Francisco' e 'Gonzaga: de Pai pra Filho'

Brasil

Mega-Sena deste sábado tem prêmio estimado em R$ 35 milhões

Dezenas serão sorteadas nesta noite em São Paulo

Brasil

Corpo de Bombeiros de SC ministram aulas em curso nacional de busca com cães

A formação tem como objetivo capacitar bombeiros militares de todos os estados para desenvolver o serviço de busca resgate e salvamento com cães, bem como potencializar as ações de resposta no atendimento a ocorrências

Mais notícias

Geral

Univali de Balneário Camboriú recebe o Intercom Sul de 16 a 18 de junho

O evento este ano tem como tema as Ciências da Comunicação contra a desinformação

Segurança

Criminosos invadem comércio em Balneário Camboriú e são presos na cidade de Brusque

Três homens e uma mulher, entraram no local, todos com os rostos encobertos. Um deles usava armas de fogo