keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Cantor Marrone é flagrado comendo cachorro-quente na Meia Praia em Itapema

O artista foi flagrado pelos fãs no estabelecimento Dogão da Meia Praia, onde tirou fotos

X

Durante o final de semana moradores de Itapema, que passavam pela Avenida Nereu Ramos, encontraram o cantor Marrone comendo um cachorro-quente no final da Meia Praia.

O artista foi flagrado pelos fãs no estabelecimento Dogão da Meia Praia, onde tirou fotos. Segundo a equipe do local, ele foi no sábado e domingo no local.

No final de semana, ele também foi visto em Balneário Camboriú, acompanhado de outros cantores, como a dupla Eder e Emerson. Nas redes sociais, fãs compartilharam imagens do artista e ainda reforçaram que ele foi ‘simpático’ com todos.

Geral

Fevereiro termina com chuva volumosa no Litoral e Vale do Itajaí

Essa condição está associada a circulação marítima (ventos que trazem umidade do mar para o litoral)

Geral

Ministro do STF manda juiz analisar recurso de Lula contra provas da Odebrecht

Recurso questiona validade de provas obtidas pela empresa

Geral

Defesa Civil de Porto Belo atende em novo endereço

O Governo do Município de Porto Belo através da Secretaria de Segurança Pública e Defesa do Cidadão informa que o departamento de Defesa Civil agora atende em novo endereço. A Defesa Civil está atendendo na […]

Geral

Filhote de cachorro nasce com 6 patas nos Estados Unidos

Os estudos apontam que provavelmente o cachorro tem a deficiência pois era uma parte de um gêmeo no útero "mas quando o óvulo fertilizado tentou se partir, não se separou totalmente".

Geral

Chuva registrada no estado bate recorde e ajuda a normalizar nível de mananciais

Com chuvas acima da média, o nível da Lagoa do Peri voltou a normalidade

Mais notícias

Geral

Fevereiro termina com chuva volumosa no Litoral e Vale do Itajaí

Essa condição está associada a circulação marítima (ventos que trazem umidade do mar para o litoral)

economia

Pesquisa revela potencial catarinense para produzir café especial

A cafeicultura já foi uma atividade de expressão econômica em Santa Catarina. Prova disso é a bandeira do Estado, criada em 1895, que traz a imagem de um ramo de café com frutos.