keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Casal é preso suspeito de participar do assalto ao Banco do Brasil em Criciúma

Na operação, a polícia apreendeu explosivos semelhantes aos usados no roubo da agência bancária e munições de fuzil

X

Um casal da cidade de Campinas, em São Paulo, foi preso nesta quinta-feira (03). O casal é suspeito de participar do assalto ao Banco do brasil na cidade de Criciúma. A mulher foi presa primeira, junto com ela foi encontrado um celular onde tinham mensagens relacionadas ao assalto.

Além da suspeita, um homem de 41 anos foi encontrado em um prédio comercial na região central da cidade. Na operação, a polícia apreendeu explosivos semelhantes aos usados no roubo da agência bancária e munições de fuzil.

Imagens Comprovam

O serviço de inteligência da polícia relatou que um dos veículos utilizados no assalto foi abastecido em um posto de combustíveis em Campinas (SP). O cartão de crédito utilizado foi apreendido no escritório do acusado, o qual aparece em imagens investigadas pela polícia acompanhado da suspeita presa na mesma operação, ambos no interior do veículo.

O irmão da mulher também é procurado e suspeito de envolvimento no assalto. Com a prisão do casal, a polícia prendeu até o momento 11 suspeitos: cinco no Estado de São Paulo, três em Santa Catarina e três no Rio Grande do Sul.

Segurança

PM de Balneário Camboriú esclarece suposto sequestro de criança por motorista de aplicativo

Um vídeo de câmeras de segurança mostra o momento em que um suposto sequestro de criança acontece na Rua 3.900, no Centro de Balneário Camboriú. O caso, no entanto, não se trata de um sequestro. […]

Segurança

Após atropelar mulher, motorista jogou cabeça da vítima em matagal de São José

Polícia Civil desvenda caso da cabeça humana encontrada em São José

Segurança

PF prende dois empresários, suspeitos de fraudes em contratos da saúde no governo de SC

Segunda fase da operação Alcatraz foi deflagrada nesta terça (19) e também prendeu o presidente da Alesc, Júlio Garcia

Segurança

Polícia Federal coloca presidente da Assembleia, deputado Júlio Garcia, em prisão domiciliar

Parlamentar está neste momento prestando depoimento na sede da PF, em Florianópolis

Segurança

Fraudes na saúde em SC podem chegar a R$ 500 milhões

Polícia Federal lançou nova fase da operação Alcatraz, batizada de Hemorragia e cumpre mandados de prisão em três cidades do Estado

Mais notícias