keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Chilenos que roubavam em Itapema e região são presos

As forças de segurança ainda recuperaram um veículo com registro de apropriação indébita

X
Divulgação

Uma operação em conjuntos das Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar (PM) terminou com a prisão de dois homens de origem chilena que estava envolvidos em roubos na região. A dupla foi presa no último sábado (28), na BR-101 em Itapema. As forças de segurança ainda recuperaram um veículo com registro de apropriação indébita.

A PRF recebeu informação da PM de que homens em um Jeep/Renegade cor prata teriam furtado residências em Itajaí. O veículo foi localizado na rodovia e abordado. Dentro dele, haviam três notebook, um tablet e quatro chaves micha, usadas em furtos.

O automóvel tem registro de apropriação indébita, feito uma locadora de São Paulo, por não ter sido devolvido no prazo contratado.

Ao perceber que seria preso, o passageiro de 31 anos ainda tentou fugir a pé, mas cercado e preso com ajuda da Polícia Militar. Ele e o motorista, de 35 anos foram levados à Delegacia de Polícia de Itapema, onde foram reconhecidos como autores do roubo pela pelas vítimas.

Fonte: Clicsc

Segurança

Família de Camboriú morre em acidente no Oeste de Santa Catarina

Colisão frontal entre dois carros foi registrada em Ponte Serrada na BR-282

Segurança

Operação policial prende 500 kg de carne de cavalo em Santa Catarina

Investigações começaram em maio de 2021 e conectam a possível venda ilegal aos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico

Segurança

Acidente entre duas carretas bloqueia a BR-376 entre o PR e SC

O trecho do acidente é o mesmo em que um ônibus tombou no início deste ano, causando a morte de 19 pessoas

Mais notícias

Cidades

Projeto que cria emendas impositivas no orçamento de Itapema é aprovado

Projeto que cria as emendas impositivas em Itapema passou por primeira votação no final de agosto,

Geral

Sucuri gigante digerindo capivara é flagrada por empresário em rio

Empresário explicou que a hipótese da sucuri estar digerindo uma capivara foi levantada por causa do tamanho da presa