keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Cobra de três metros assusta casal em carro e a reação para tirar o animal do para-brisa é inusitada

De acordo com o motorista, a cobra teria viajado no carro por 50 quilômetros sem que ele soubesse.

X
Foto: Reprodução

O vídeo de uma cobra de três metros em cima do capô de um carro viralizou na internet. A situação aconteceu em uma rodovia movimentada da Austrália. O motorista levou um susto e ligou o limpador e o esguicho do para-brisa para tentar espantar o animal.

Apesar do limpador de para-brisa, a píton continuou agarrada ao veículo. De acordo com o motorista, a cobra teria viajado no carro por 50 quilômetros sem que ele soubesse.

Primeiro ele disse ter ficado aterrorizado, mas em seguida se preocupou com com a segurança. “Liguei o limpador de para-brisa para me defender, mas ela na verdade não nos atacou”, finalizou.

Fonte: ND +

Geral

Idoso de 95 anos que tentou salvar casa de incêndio com pote de sorvete ganha novo lar

Construtora se sensibilizou com a situação e vai construir um novo lar para o casal de idosos

Geral

Vídeo registra momento em que raio cai em posto guarda-vidas e deixa dois bombeiros feridos

O incidente ocorreu na manhã desta sexta-feira (26) e deixou dois bombeiros que trabalhavam no local feridos, um deles em estado grave

Geral

Raio cai em posto guarda-vidas e atinge dois bombeiros na divisa com SC

Dois guarda-vidas estavam no local quando o raio caiu, eles ficaram feridos, um deles em estado grave

Geral

Estados e municípios poderão pegar mais R$ 20 bi em empréstimos

Limite de crédito foi autorizado pelo Conselho Monetário Nacional

Geral

Tecnologia 5G estará disponível em todas as capitais até julho de 2022

Aprovado pela Anatel, edital para o leilão será analisado pelo TCU

Mais notícias

Segurança

Filho abandona pai idoso na rodoviária de Tijucas

Idoso disse que teve vontade de cometer suicídio ao ver o filho abandonando ele na rodoviária

coronavirus

Covid-19: Técnica de enfermagem morre no hospital de Itapema

Segundo colegas, ela não apresentava comorbidades