keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Cobra venenosa mata vaca em propriedade rural de Santa Catarina

A cobra foi capturada por um vizinho. Ela media quase 2 metros de comprimento e é considerada uma das espécies de serpentes mais venenosas do Brasil

X

Um proprietário rural relatou a morte de uma vaca no último sábado na localidade de Despraiado, próximo ao perímetro urbano da cidade de São Joaquim. Segundo informações, o animal foi morto por uma urutu-cruzeiro, cobra peçonhenta e agressiva.

A cobra foi capturada por um vizinho. Ela media quase 2 metros de comprimento e é considerada uma das espécies de serpentes mais venenosas do Brasil.

A vaca de quatro anos e cerca de 600kg estava com os demais gados comendo, quando foi atacada pela cobra. A Urutu-cruzeiro (Bothrops alternatus) é uma serpente conhecida pela fama de perigosa e recebe esse nome (Cruzeiro) devido ao fato da serpente apresentar um desenho em forma de cruz na cabeça e ao longo de suas escamas.

Geral

Mulher come estalinhos por engano e tem dentes trincados e queimaduras na boca

Numa situação um tanto incômoda, uma inglesa comeu “estalinhos” achando que eram doces e teve queimaduras na gengiva. Ela afirma que sentiu como se a boca dela “estivesse pegando fogo”. Lisa Boothroyd, 48 anos, afirma […]

Geral

Secretaria da Agricultura interdita cultivos de ostras e mexilhões em São José e Biguaçu

A Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural comunica a interdição dos cultivos de ostras e mexilhões das localidades de Serraria e Barreiros, no município de São José, e de Tijuquinhas […]

Geral

Vacinas foram entregues em todas as regionais de saúde de Santa Catarina nesta terça

O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) levou doses do imunizante para distribuição no Oeste e Extremo Oeste

Geral

Empresário Luciano Hang testa positivo para Covid-19, diz jornal

Hang está internado em hospital de São Paulo, segundo informou jornal

Geral

Terremoto é registrado perto da fronteira da Argentina com o Chile

Algumas áreas ficaram sem eletricidade. As autoridades não anunciaram, até o momento, se houve mortos e feridos.

Mais notícias