keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Comarca de Blumenau registra recorde de adoções durante a pandemia

Os processos de adoção no Poder Judiciário de Santa Catarina (PJSC) não sofreram interrupções pela pandemia provocada pelo novo coronavírus (Covid-19). Exemplo da continuidade do trabalho é o êxito alcançado na comarca de Blumenau, no […]

X

Os processos de adoção no Poder Judiciário de Santa Catarina (PJSC) não sofreram interrupções pela pandemia provocada pelo novo coronavírus (Covid-19). Exemplo da continuidade do trabalho é o êxito alcançado na comarca de Blumenau, no Vale do Itajaí, onde 45 crianças e adolescentes foram adotadas no período de março a outubro deste ano.

“Nesta pandemia o nosso trabalho com a equipe de assistentes sociais foi intenso, as ações de destituição do poder familiar não pararam, fizemos audiências pela plataforma do Tribunal de Justiça e as crianças foram encaminhadas para adoção. As assistentes sociais fizeram a aproximação de forma remota e a atenção absoluta para a unidade resultou neste número de adoções”, explica a juíza Simone Faria Locks, titular da Vara da Infância e Juventude da comarca de Blumenau.

Para dar continuidade ao trabalho em regime de home office, a assistente social forense de Blumenau, Analu Cardoso Trevizan, ressalta que a equipe precisou se adequar em função do isolamento social. “Foi necessário, de uma hora para outra, assim como toda a população mundial, se reinventar, remodelar e repensar um fluxo, um protocolo de iniciação que já tínhamos. A gente já usava os mecanismos digitais, mas intensificamos e aderimos aos novos meios sem acelerar ou pular etapas”, frisa. 

Até março deste ano, a comarca havia registrado cinco adoções, de dois adolescentes e três crianças. Durante o período de isolamento social, foi possível realizar os mais diversos tipos de adoção, inclusive de grupos de irmãos, recém-nascidos, irmãos gêmeos e um bebê com Síndrome de Down. A faixa etária com mais adoções foi a de três anos a 12 anos, em um total de 23 dos 45 processos. Analu destaca que o grande fator de sucesso das adoções, neste curto período de tempo, certamente foi o envolvimento e a responsabilidade que todos tiveram dentro deste processo.

Sobre as ações de destituições familiares, a magistrada explica que elas transcorreram normalmente, pois sempre tiveram prioridade absoluta na unidade e, durante a pandemia, foram possíveis graças a uma conjunção de esforços do promotor de Justiça, do defensor público, da equipe da assessoria da vara, do cartório e das assistentes sociais.

Serviço de acolhimento

No início da pandemia, em março, a juíza Simone Faria Locks autorizou crianças e adolescentes acolhidos a irem para famílias acolhedoras, madrinhas afetivas e lares de funcionários de três casas de acolhimento da comarca de Blumenau. Os acolhidos foram encaminhados para um lar temporário e ficaram em isolamento social, com obediência a todas as medidas de prevenção ao contágio do coronavírus, conforme orientação de órgãos estaduais e nacionais. 

A sugestão e o pedido foram feitos pela Diretoria de Proteção Especial da Secretaria de Desenvolvimento Social (Semudes) da Prefeitura de Blumenau e foram deferidos com anuência do Ministério Público local.  A transferência foi feita de forma temporária, uma vez que os infantes continuam sob a responsabilidade das casas de acolhimento do município. O objetivo da decisão foi resguardar a saúde e o bem-estar das crianças e adolescentes acolhidos em meio à pandemia.

Adoções de março a outubro de 2020 na comarca de Blumenau:

Faixa etária das adoções

0 a 1 ano = 4 adoções

De 1 a 3 anos = 14 adoções

De 3 anos a 12 anos =  23 adoções

Mais de 12 anos = 4 adoções

Estado

13 crianças em Santa Catarina

29 em Blumenau

3 em outros estados

Cidades

Iniciada a pavimentação da rua 440 em Itapema

Os moradores da Rua 440, no Bairro Morretes, iniciaram a terça-feira (02/03) com o movimento das máquinas e das equipes. Nesta etapa, os trabalhos são de fresagem e nivelamento do solo para em seguida realizar  […]

Cidades

Guias do IPTU 2021 parcelado já estão disponíveis em Itapema

O vencimento da primeira parcela é no dia 22 de março

Cidades

Vídeo: Carros boiam durante enchente em Balneário Camboriú

Além dos alagamentos registrados em ruas da cidade, algumas residências foram afetadas pelas chuvas conforme registro da Defesa Civil de Balneário Camboriú

Cidades

Vídeos: Balneário Camboriú fica de baixo d’água depois das fortes chuvas

A Avenida Brasil, na altura da rua Alvin Bauer, Avenida das Flores, rua 1001 e o túnel da rua 3.700 chegaram a ficar interditados devido ao alagamento que tornou impossível a trafegabilidade de veículos

Cidades

Implantação do sistema de esgoto resultará na despoluição gradativa do Rio Camboriú

Segundo dados do Instituto Trata Brasil, se o serviço de saneamento básico no país fosse universalizado, o país teria um ganho de R$ 7 bilhões por ano com o turismo

Mais notícias

Política

Democracia via internet: vereador quer a participação e avaliação popular em projetos

Proposta visa implementar sistema similar ao usado nos sites do Senado, Câmara dos Deputados e Alesc

coronavirus

Professor de História morre de Covid-19 em Itajaí

Edson também atuava como fotógrafo, especializado em observação de aves