keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Condenada passageira que tentou subornar policiais durante blitz em SC

A denúncia partiu do do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC)

X
Imagem Ilustrativa

O juízo da Vara Criminal da comarca de Camboriú, condenou uma mulher daquela cidade à pena de dois anos de reclusão substituída por pagamento de prestação pecuniária e limitação de final de semana pelo tempo da reprimenda pelo crime de corrupção ativa. 

Consta nos autos que após o veículo em que ela estava ser parado por policiais militares, motivados pelo excesso no número de passageiros, a mulher que estava no banco do carona saiu do carro e deslocou-se até a viatura da PM, oportunidade em que ofereceu dinheiro aos militares para que liberassem o veículo. A denúncia partiu do do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC).

Em seu interrogatório, a acusada confirmou ter oferecido dinheiro aos agentes públicos, mas garantiu não saber que tal conduta era crime. Comentou que estava há 12 horas em jejum, pois iria fazer exames de sangue, e estava com fome, razão pela qual ofereceu o dinheiro, a fim de que os militares lhe liberassem mais rápido. A defesa requereu a absolvição da acusada, uma vez que ela agiu com erro sobre a ilicitude do fato, já que possui baixa escolaridade e trabalha e mora em área rural. 

“Friso que qualquer homem médio, ainda com as características citadas, sabe que oferecer dinheiro a um policial é errado, e se sabe distinguir certo e errado, sabia que o que estava fazendo era ilícito e em desacordo com a lei. Assim, no caso em apreço, no meu entender, o conjunto probatório não demonstra que a acusada realmente desconhecia a ilicitude da conduta”, cita, em sua decisão, a juíza Naiara Brancher sobre o fato da passageira oferecer dinheiro aos policiais para se ver isenta das penalidades decorrentes de estar com a capacidade de passageiros do veículo acima do permitido.

Fonte: Clicsc

Segurança

Homem foi morto com facada no pescoço no bairro Morretes por causa de dívida

Crime ocorreu na rua 418 na noite de terça-feira (4); Polícia Civil está investigando caso

Segurança

Adolescente de 15 anos desaparece depois de sair com a irmã mais velha

Fernanda Rocha Souza estava em uma praça, em São José, com a irmã, quando avisou que iria ao banheiro e não retornou; polícia suspeita de fuga

Segurança

Trio é preso por tráfico de drogas e aliciamento de menores em Porto Belo

Durante as diligências restou apurado que os três presos estavam associados para a venda da droga e aliciaram pelo menos oito adolescentes para trabalharem como soldados do tráfico

Segurança

Catarinense perde R$1.500 no golpe do aluguel

A vítima contou á polícia que recebeu uma mensagem por aplicativo solicitando que ele depositasse o valor do aluguel da casa onde mora

Mais notícias

economia

Imposto de renda pode ser revertido ao Fundo da Infância e Adolescência em Itapema

Atualmente, o Governo Municipal por meio do FIA realiza o repasse de aproximadamente R$ 1 milhão em projetos que beneficiam quase mil crianças

Utilidade Pública

Empresa faz correção em trecho de asfalto da avenida Getúlio Vargas em Piçarras

A obra de reurbanização da avenida Getúlio Vargas, orçada em cerca de R$ 4,2 milhões