keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Conheça os números da nova pesquisa para a Prefeitura de Itapema

Nesta quinta-feira (29), a Companhia de Gás de Santa Catarina (SCGÁS) lançou uma chamada pública para aquisição de volumes adicionais de gás natural. O edital é necessário para cumprir a demanda pelo insumo no Estado, […]

Divulgação

Nesta quinta-feira (29), a Companhia de Gás de Santa Catarina (SCGÁS) lançou uma chamada pública para aquisição de volumes adicionais de gás natural. O edital é necessário para cumprir a demanda pelo insumo no Estado, já que o gasoduto Brasil-Bolívia (Gasbol), que transporta o gás pelo território catarinense, está operando acima do limite.

Em setembro, Santa Catarina registrou o maior consumo de gás natural da história, com uma média diária de 2,1 milhões de m³. Atualmente, a Petrobras está conseguindo fornecer temporariamente os volumes excedentes – o contrato prevê 2 milhões de m³ diários – pois possui outros contratos de transporte que vem apresentando sobra de capacidade nos últimos meses, mas o produto poderia faltar em breve já que a supridora não teria como garantir o fornecimento.

As propostas podem prever suprimento via Gasbol, com a injeção do gás natural diretamente nos pontos de entrega da SCGÁS, ou ainda a partir dos modais GNL (Gás Natural Liquefeito) ou GNC (Gás Natural Comprimido). A formalização das propostas no edital devem ser feitas até o dia 30 de novembro.

A quantidade inicial estimada pela SCGÁS é de 150 mil m³/dia, com possibilidade de ampliação dentro do prazo de contratação de cinco anos. Segundo a empresa, a intenção da chamada pública é atender a demanda no curto prazo.

Para o futuro, a Transportadora Brasileira Gasoduto Bolívia-Brasil (TBG) já sinalizou a possibilidade de investimentos para ampliar a capacidade do Gasbol, mas a projeção é de que essas obras sejam concluídas somente após 2024.

A longo prazo, outra medida que pode garantir mais oferta do insumo é a nova lei do gás, que tramita no Congresso Nacional. A matéria já passou pela Câmara dos Deputados e agora está no Senado.

“Estamos conversando com os senadores de Santa Catarina sobre a importância da agilidade da aprovação dessa legislação, dada a relevância do gás para a indústria catarinense”, disse o presidente da Federação das Indústrias de SC (Fiesc), Mario Cezar de Aguiar. O setor industrial consome cerca de 80% do insumo no Estado.

Fonte: Clicsc

Cidades

Força-tarefa coordenada pelo MPSC vistoria pontes de Florianópolis na segunda-feira

Foco da vistoria, que inicia às 9h, serão as obras de recuperação estrutural das pontes Colombo Salles e Pedro Ivo, que ligam a Ilha de Santa Catarina ao continente

Cidades

Secretaria de Educação divulga prazos das matrículas e rematrículas para 2021

A Prefeitura de Itapema, por meio da Secretaria de Educação, lançou o edital de matrícula e rematrícula para o ano letivo de 2021. O documento apresenta os prazos e exigências legais para todos os estudantes […]

Cidades

Ruas recebem pavimentação e manutenção em Itapema

As obras de mobilidade foram retomadas nesta semana, em vários bairros de Itapema. No Bairro Meia Praia, as Ruas 256, 268, 270, 276, 282 e 284 receberam pavimentação asfáltica.  Já as Ruas 119 A no […]

Cidades

Pandemia reduz contratação de temporários no litoral de Santa Catarina

Segundo pesquisa divulgada nesta quinta-feira (26), 49,2% das empresas do litoral de Santa Catarina não pretendem contratar funcionários temporários para este verão. Já 40% afirmou que realizará contratações e os outros 10,8% ainda não souberam […]

Cidades

Alerta para golpe envolvendo vistorias de clínicas odontológicas em Itajaí

Órgão municipal não tem parceria com o Google e nem agenda visitas aos estabelecimentos

Mais notícias