keyboard_backspace

Página Inicial

economia

Controle da peste suína africana na China segue complicado

Pequim tem reconstruído seu rebanho de porcos desde que o vírus, inicialmente detectado na China em 2018, dizimou a produção de animais e de carne suína no principal mercado global.

X
Foto: Divulgação Governo Federal

Os esforços da China para controlar a peste suína africana em seu rebanho de porcos seguem complicados, com 11 surtos tendo sido oficialmente reportados neste ano e com novas variantes do vírus também presentes, disse uma autoridade do Ministério da Agricultura do país nesta terça-feira.

Pequim tem reconstruído seu rebanho de porcos desde que o vírus, inicialmente detectado na China em 2018, dizimou a produção de animais e de carne suína no principal mercado global.

Fontes do setor afirmaram que novos surtos foram detectados no Norte e Nordeste da China neste ano. A Reuters também noticiou que surtos foram verificados na província de Sichuan, no Sudoeste do país.

“A situação de controle e prevenção ainda é complicada, e a tarefa segue difícil”, disse Xin Guochang, autoridade do departamento de pecuária do Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais.

O risco de novos surtos persiste mesmo com a estabilização da situação geral da doença, afirmou Xin a jornalistas.

O rebanho de 439 milhões de porcos ao final de junho representa 99,4% do nível visto ao final de 2017 na China, com a criação de porcas matrizes atingindo 45,64 milhões de cabeças, 102% do nível ao final de 2017, disse Zeng Yande, chefe de desenvolvimento e planejamento do ministério, no mesmo evento.

A recuperação da produção de suínos resultou em um aumento do uso de milho, importante ingrediente de ração animal, e elevou os preços do grão, acrescentou Song Danyang –outra autoridade da pasta, em entrevista coletiva.

Fonte: Clicsc

economia

Porto de Itajaí registra crescimento de 10% em cargas movimentadas no primeiro semestre de 2021

A movimentação em toneladas representou 3.141.965 contra 2.859.865 no mesmo período do ano anterior

economia

Safra catarinense de arroz se mantém estável em 2021, com produtividade superior no Sul de SC

SC permanece na segunda posição entre os estados produtores de arroz, contribuindo nesta safra com aproximadamente 11% da produção nacional.

economia

SCGÁS lança edital de projetos sociais voltado às comunidades lindeiras

O edital, realizado com recursos próprios do custeio da empresa, está disponível aqui e aceita propostas até 6 de agosto de 2021

economia

Porto de Itajaí registra crescimento de 10% em cargas movimentadas no primeiro semestre de 2021

A movimentação em toneladas representou 3.141.965 contra 2.859.865 no mesmo período do ano anterior

economia

Governador libera R$ 62 milhões para investimentos na cidade de Chapecó

Ele salienta que, assim como ocorre em Chapecó, os investimentos do Governo do Estado estão sendo feitos em todas as regiões catarinenses

Mais notícias

Segurança

Operação conjunta é realizada no Caixa d’Aço em Porto Belo

Ações tinham objetivo de coibir som excessivo nas embarcações