keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Corpo de menina de 2 anos foi escondido pelo ex-padrasto com cobertores dentro do quarto

Padrasto dela, segundo a Polícia Militar, confessou o assassinato pouco após se entregar da casa da irmã

X

O corpo de Maitê Brambila dos Anjos foi encontrado pelos próprios pais escondido sob roupas em um dos quartos onde ela morava. O ex-padrasto dela, segundo a Polícia Militar, confessou o assassinato pouco após se entregar da casa da irmã em Treze Tílias, no Meio-Oeste de Santa Catarina.

Conforme relato de familiares, a mãe de Maitê e o ex-companheiro tinham terminado uma relação há cerca de dois meses. O homem, porém, permaneceu morando com as duas enquanto procurava por uma nova residência. Nesta terça-feira (26) ele teria pedido um tempo para ficar com Maitê, se despedir dela e comprar presentes.

A madrasta da menina, Marcia Ribeiro, relata que o homem que confessou ter matado Maitê não demonstrava comportamento violento e tratava todos aparentemente bem.

Entenda o caso

Ao voltar do trabalho, por volta das 18h, a mãe da criança encontrou o apartamento trancado e não conseguia contato com ex-companheiro. Ela acionou então o pai da menina, Juliano Cezar Matias.

Ambos passaram a fazer buscas de carro pela cidade e foram até a quitinete para onde o ex-padrasto supostamente deveria se mudar, mas não encontraram ele. Os pais de Maitê foram então relatar o desaparecimento à polícia.

“Ele disse que tinha alugado uma quitinete. Foram até lá ver se ele estava lá, mas falaram que ele não alugou nada. Foram na delegacia, e aí foram na casa [da mãe da criança de volta] — disse Marcia, que esteve com Maitê pela última vez no domingo (24).

Antes da chegada dos policiais ao apartamento, o pai e um tio da vítima arrombaram a porta do local. Dentro da residência, o corpo da menina foi encontrado em cima de uma cama, embaixo de várias cobertas. Ela tinha um corte no pescoço e já estava sem vida.

A Polícia Militar passou a tratar o caso como assassinato e já tinha ali o ex-companheiro da mãe da menina como principal suspeito, que tinha paradeiro desconhecido até se entregar na manhã desta quarta (27), em Treze Tílias, na casa de uma irmã. Ao longo da procura, a polícia chegou a mobilizar esforços em Água Doce, município vizinho e onde o suspeito tinha familiares.

Um policial que participou das buscas e da prisão do suspeito afirmou à reportagem do Diário Catarinense que o homem confessou ter cometido o crime. Ele foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil para prestar depoimento ao responsável pelo inquérito e, na sequência, deverá ser levado ao Presídio Regional de Joaçaba.  Até o início da tarde desta quarta, não havia atualização sobre isso.

Fonte: NSC

Segurança

Mulher filma a morte do próprio marido que pulou de penhasco

A autópsia do corpo da vítima revelou que o impacto não foi a causa literal da morte

Segurança

Motorista bêbado atropela dois adolescentes na frente de escola

O motorista foi rendido por populares e confessou ter ingerido bebida alcoólica

Segurança

Ladrão furta bolsa de mulher em Porto Belo e acaba preso pela PM

Homem fingiu ser fotógrafo para roubar a vítima

Segurança

Polícia apreende 186 quilos de maconha em Joinville

Motorista embarcou a droga no Paraná, e o destino só seria revelado durante o trajeto, por meio de ligação telefônica

Segurança

Motorista cai e rio e foge do local com o pé quebrado

De acordo com o motorista, um veículo branco teria cortado a sua frente, e o mesmo perdeu o controle da direção

Mais notícias

Geral

Ministério Público Federal investiga prazo de entrega do Contorno Viário de Florianópolis

O MPF pediu à Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT) que apresente os percentuais de conclusão das obras em sete de janeiro de 2021 e em 20 de fevereiro de 2020, destacando eventuais alterações no cronograma de conclusão

Geral

Aumenta cobrança pela conclusão das obras do Contorno de Florianópolis

Senadores, deputados e Vereadores querem o cumprimento do prazo de dezembro de 2023