keyboard_backspace

Página Inicial

coronavirus

Criança de SC com AME é internada na UTI com Covid-19 e H1N1

Eloah Lemos da Silva, de três anos, de Tubarão, no Sul do Estado, foi internada na UTI

X

Eloah Lemos da Silva, de três anos, de Tubarão, no Sul do Estado, foi internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), com Covid-19 e H1N1. A pequena é portadora de Atrofia Muscular Espinhal (AME). Desde 2018, a família compartilha a evolução no tratamento da menina e agora luta contra mais duas doenças graves. 

Após ser diagnosticada com a Covid-19 e H1N1, na segunda-feira (14), a mãe de Eloah, Pamela Lemos, publicou nas redes sociais. “Hoje infelizmente Eloah testou positivo para o Covid19 e também para HN1, apesar de todos os cuidados fomos surpreendidos por esses dois vírus. Eloah está internada, já está com antibióticos e aos cuidados da UTI do Covid, nossa menina mais uma vez guerreando para viver. A menina está internada no Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), em Tubarão. Nesta terça-feira (15), a mãe informou que Eloah está respondendo bem ao tratamento contra Covid, mas os médicos continuam em alerta já que se trata de um vírus tão perigoso”.

“Eloah está se mantendo bem o dia todo, está com os exames de sangue bons e isso é muito importante. Como é um vírus bem delicado, não tem como saber, infelizmente é muito imprevisível” escreveu nas redes sociais.

Luta contra a AME

Eloah foi diagnosticada com AME Tipo 1, aos sete meses de idade. Essa é a forma mais severa da doença, que causa degeneração e perda de neurônios da medula espinhal. A criança apresenta movimentos fracos, necessita de auxílio para respirar (suporte de ventilação), geralmente não consegue sustentar o pescoço e também apresenta dificuldade de engolir.

Atualmente, não existe cura para a AME, mas existem tratamentos que podem ajudar a gerenciar a condição. Através de campanhas e uma vaquinha online, a família arrecada dinheiro para o tratamento da menina e compartilha a evolução de Eloah nas redes sociais.

coronavirus

Vacinação contra Covid-19 será na UBS Central de BC neste sábado

Para se vacinar é preciso apresentar documento oficial com foto e comprovante de residência

coronavirus

Gestantes e puérperas vacinadas com a primeira dose da AstraZeneca podem tomar segunda dose de outro fabricante

Na ausência da vacina deste fabricante, a Coronavac (Sinovac/Butantan) também poderá ser usada como segunda dose.

coronavirus

Anticorpos de quem teve covid-19 não protegem contra variante

Testes em laboratório mostram que variante Gamma não é neutralizada

coronavirus

Governo de SC discute critérios que serão adotados para vacinar adolescentes contra Covid-19

Vacinação de adolescentes, com idade entre 12 e 17 anos, já foi autorizada pelo Ministério da Saúde

Mais notícias