keyboard_backspace

Página Inicial

Sem categoria

Delegacias da região terão seis novos delegados e 18 agentes de polícia civil

Com relação aos agentes, serão oito em Itajaí, três em Balneário Camboriú, um em Navegantes, um em Canelinha, dois em Porto Belo, um em Itapema e dois em Camboriú.

X

A região terá reforço na equipe da polícia civil com a nomeação de novos delegados e agentes. Nesta segunda-feira, 27, o governador Raimundo Colombo, o vice Eduardo Pinho Moreira e o secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba, participaram da cerimônia de formatura de 195 profissionais, no Teatro Pedro Ivo, em Florianópolis.

Conforme a distribuição planejada pela SSP, três delegados serão efetivados na 4ª Delegacia Regional de Polícia de Itajaí e três na 29ª Delegacia Regional de Balneário Camboriú. Com relação aos agentes, serão oito em Itajaí, três em Balneário Camboriú, um em Navegantes, um em Canelinha, dois em Porto Belo, um em Itapema e dois em Camboriú. Conforme o delegado regional de Itajaí, Angelo Fragelli, em Itajaí um delegado vai reforçar o trabalho na 2ª DP e os outros dois trabalharão na Central de Plantão Policial, onde são registrados os boletins de ocorrência e flagrantes.

Em 15 dias, devem começam a trabalhar em suas lotações, já para início da Operação Veraneio. Nos próximos dias serão efetivados quase mil novos policiais militares nos batalhões de todo o Estado. “Todo este trabalho será continuado por alguns anos, para que possamos enfrentar com mais rigor e força a questão da falta de segurança, que é uma ameaça a todos nós e se agrava a cada dia no Brasil inteiro”, disse o governador.

Desde 2011, foram efetivados pelo Governo do Estado 1.336 policiais civis. Com os 195 policiais que se formaram nesta segunda, a Polícia civil passa a contar com 3.282 policiais civis efetivos distribuídos nos cargos de delegados (442), agentes (2.248), escrivães (519) e psicólogos policiais (73).

Formação

Por cinco meses, os alunos passaram por treinamentos com aulas teóricas e práticas, distribuídas em 55 disciplinas, na Academia da Polícia Civil (Acadepol), em Florianópolis. Entre as disciplinas estão aulas específicas do cargo, como Investigação Criminal, Sobrevivência Policial, Tecnologias da Informação Policial, Direitos Humanos e Ética e Cidadania. O curso também comtemplou aulas de tiro e técnicas operacionais. Os novos profissionais ainda concluíram 160 horas de estágios em delegacias da Capital e cidades do interior.

“São 195 novos profissionais que estão ingressando na Polícia Civil e que possuem toda a especialização possível. São verdadeiros especialistas em investigação, que irão contribuir muito com a segurança pública”, disse o diretor da Acadepol, delegado Laurito Akira Sato.

O delegado geral da Polícia Civil, Artur Nitz, lembrou que os novos profissionais passaram por um processo seletivo rigoroso. “Eles concluíram com méritos todas as etapas. Peço que utilizem suas habilidades e os ensinamentos recebidos, sempre pensando no bem estar da sociedade. Sirvam a população com amor e carinho. Prestem um atendimento de qualidade e com prontidão”, solicitou.

 

Mais notícias

Segurança

Trilheiro morre após cair com moto de ponte de 3 metros

O corpo foi encontrado já sem vida fora da água e sem sinais de hemorragia

coronavirus

SC tem 12 regiões no nível moderado e cinco no alto para Covid-19

A última vez que a Matriz classificou uma região no nível grave foi no dia 1º de outubro, e no nível gravíssimo no dia 11 de setembro