keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Desaparecimento de criança completa cinco anos sem solução em Balneário Camboriú

O caso segue arquivado, cinco anos depois, por falta de provas

X
Arquivo Pessoal

Em 2021, uma família chega a cinco anos sem notícias de Ícaro Alexandre Pereira Lima Rocha. O menino desapareceu aos sete anos na cidade de Balneário Camboriú. O caso segue arquivado, cinco anos depois, por falta de provas.

Há cinco anos, o garoto desapareceu de dentro da própria casa. O padrasto do menino até foi preso preventivamente, mas foi liberado por falta de provas. Em 2016, o caso foi arquivado.

Segundo informações da época, o garoto estava em casa e a mãe e o padrasto saíram para trabalhar e o menino ficou sozinho. Quando voltaram para casa, a criança já não estava mais. Isso aconteceu no dia 09 de fevereiro de 2016.

A Divisão de Investigação Criminal (DIC) trabalhou no caso por meses. Depois, trabalhou com a hipótese de que o garoto estaria morto. Apesar dos trabalhos de investigações, o menino não foi encontrado.

Até hoje o mistério intriga moradores e familiares. A mãe da criança, desde a época do desaparecimento, não dá mais entrevistas sobre o caso. Na época, vizinhos contaram que não perceberam nenhuma movimentação estranha na casa.

Fonte: Clicsc

Geral

Vídeo: Acidente envolvendo oito veículo bloqueia a BR-101 em Joinville

A BR-101 em Joinville foi interditada na tarde desta quarta-feira (03) por conta de um acidente. Equipes da Arteris Litoral Sul, concessionária que administra o trecho, da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Corpo de […]

Geral

Homem mora em cemitério de Santa Catarina

Vaquinha tenta arrecadar R$ 50 mil para ajudar homem a construir uma casa

Geral

Gêmeas que fizeram cirurgia para mudar de sexo em SC recebem alta

Caso das gêmeas ganhou destaque na imprensa internacional

Geral

Vaca cai em tubulação e bombeiros usam trator para resgatar o animal

Vaca caiu na tubulação de aproximadamente dois metros

Geral

Explosão atinge centro de testes de covid-19 na Holanda

Outro local de exames foi incendiado em janeiro durante vários dias de tumultos provocados pela adoção de um toque de recolher noturno

Mais notícias

Política

Democracia via internet: vereador quer a participação e avaliação popular em projetos

Proposta visa implementar sistema similar ao usado nos sites do Senado, Câmara dos Deputados e Alesc

coronavirus

Professor de História morre de Covid-19 em Itajaí

Edson também atuava como fotógrafo, especializado em observação de aves