keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Dia Internacional da Não-Violência contra a Mulher será com atividades especiais em Itapema

No próximo dia 25 de Novembro é o Dia  Internacional da Não-Violência contra a Mulher e para lembrar a data, uma programação especial será realizada em Itapema. Entre as atividades estão rodas de conversa com […]

X
Divulgação

No próximo dia 25 de Novembro é o Dia  Internacional da Não-Violência contra a Mulher e para lembrar a data, uma programação especial será realizada em Itapema. Entre as atividades estão rodas de conversa com mulheres, orientações aos alunos da Rede Municipal de Ensino e encontros.

A programação é uma realização do Conselho Municipal da Mulher, Secretaria de Assistência e de Lazer, Secretaria de Saúde, Secretaria de Educação, Secretaria de Turismo, Cultura, Esporte e Desenvolvimento Econômico, Instituição Madre Teresa, Centro de Atendimento às Vítimas de Violência Doméstica.

Confira a programação:

23/11- 19h – Participação da Presidente do Conselho da Mulher e Diretora do CAVV) na Sessão da Câmara de Vereadores

24/11- 14h  Roda de Conversa no CALAS (público específico). Organização: CREAS e CRAS II

25/11- 13h30  Encontro de mulheres na Instituição Casa Madre Teresa de Calcutá
Organização: Casa Madre Teresa com participação do Cras I

25/11- 10h e 15h  Roda de Conversa na escola Bento Elói Garcia com as Psicólogas Jaiana e Liandra  alunos dos 9º anos
Organização: Escola Municipal Bento Elói Garcia

30/11- 14h  Encontro de Mulheres no Espaço Cultural (Apresentações culturais, depoimentos e confraternização)

Saiba mais sobre a data

O Dia Internacional da Não-Violência Contra a Mulher, celebrado em  25 de novembro, foi designado oficialmente em 1999 pela Organização das Nações Unidas (ONU). A data foi escolhida para homenagear as irmãs Pátria, Maria Teresa e Minerva Maribal que foram torturadas e assassinadas nesta mesma data, em 1960, a mando do ditador da República Dominicana, Rafael Trujillo. As irmãs dominicanas eram conhecidas por “Las Mariposas” e lutavam por soluções para problemas sociais.(Fonte: Agência Senado). Segundo dados do Observatório da violência Contra Mulher de Santa Catarina, entre Janeiro e Outubro de 2021 foram concedidas 17.432 Medidas protetivas pelo Tribunal de Justiça de SC  e 38 mulheres foram vítimas de feminicídio em SC.

“É preciso que estejamos engajados pelo fim da violência contra a mulher, sendo assim, conclamamos toda sociedade para que se unam a rede de proteção e atendimento, apoiando  as vítimas de violência e lutando pelo fim de qualquer forma de violência contra mulher seja ela, física, psicológica, sexual, patrimonial ou moral, Toda rede de atendimento , poderes  Executivo, Legislativo, Judiciário e sociedade civil organizada devem andar juntos pelo fim da violência contra mulheres”, destacou a Diretora do CAVV e Presidente do Conselho da Mulher, Rosimeri Henschel Silva.

Fonte: Clicsc

Cidades

Prefeitura de Porto Belo realiza operação em Loteamento Clandestino

A ação alerta para uma situação importante, que é a avaliação sobre a liberação para construção em diferentes áreas do Município antes de adquirir terrenos

Cidades

Prefeitura de Balneário Piçarras vai investir no prolongamento do trecho Sul da Avenida Beira Mar

Limpeza da área ocupada pelo camping começou na manhã desta segunda-feira (29)

Cidades

Nova escola de ensino fundamental será construída em Porto Belo

Recurso foi garantido através do Governo do Estado de Santa Catarina

Cidades

Camboriú inicia operação que prevê ligação entre os bairro Rio Pequeno e São Francisco de Assis

A Prefeitura de Camboriú começou a expedir o Certificado de Potencial Adicional de Construção (CEPAC) para as empresas que queiram adquirir Potencial Construtivo Adicional na cidade. Regulamentado por lei complementar em julho deste ano, a […]

Cidades

Complexo Portuário de Itajaí registra crescimento de 6% na tonelagem

Quanto ao número de escalas realizadas, o complexo constatou um crescimento de 4% em comparativo ao mesmo período do ano anterior

Mais notícias

Segurança

Crianças que morreram em acidente na Serra Dona Francisca eram de Balneário Camboriú

Os pais, de 42 e 37 anos, foram socorridos e levados pro hospita

Segurança

Homem incendeia a própria casa para se livrar de infestação de cobras

Bombeiros acreditam que o fogo começou no porão e se alastrou pelo resto da casa