keyboard_backspace

Página Inicial

colunas-e-blogs

Documentário “Estrada de Papel” contará a história do escritor Saulo Adami

O filme, contemplado pela Lei Aldir Blanc, será produzido pela produtora brusquense Griô Filmes

X

Foi assinado o termo compromisso para realização do documentário “Estrada de Papel”, contemplado pela Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc no município de Brusque. 

O documentário “Estrada de Papel”, destacará a vida e a obra de um dos escritores brusquenses mais ativo de todos os tempos: Saulo Adami. O escritor possui mais de 120 obras já publicadas.  

O roteiro é escrito pelo próprio homenageado Saulo Adami e terá produção assinada pela produtora audiovisual de Brusque, Griô Filmes, que tem como sócios o jornalista Alessandro Vieira e o produtor audiovisual Carlos Alexandre Martins.

“O documentário terá duração aproximada de 35 minutos, tendo como público alvo a comunidade catarinense em geral, bem como profissionais e pesquisadores da área literária”, explica Vieira.

O escritor homenageado recebeu a notícia com alegria e gratidão. “Receber esta homenagem, por iniciativa de uma produtora de filmes que, assim como eu, nasceu em Brusque, tem o valor de um grande prêmio. Embora vivendo hoje em Curitiba, minha terra natal nunca saiu de mim. Permanecem aqui minhas raízes e meu coração. O amor por esta comunidade continua sendo declarado nos livros e filmes documentários que escrevo”, conta Adami.

“Estrada de Papel” será gravado, montado e finalizado inteiramente na cidade de Brusque. “Ao término, haverá uma exibição gratuita do documentário “Estrada de Papel” e também faremos a distribuição gratuita de 50 cópias do documentário”, conta Martins. 

A previsão é de que os trabalhos tenham início na primeira quinzena de 2021, com a pré-produção do documentário. “Esta etapa envolve a pesquisa, contato com os entrevistados e busca por locações”, conta Vieira.

Mais notícias