keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Dois filhotes de toninha são encontrados mortos com sinais de asfixia em SC

Dois filhotes toninha (Pontoporia blainvillei) foram encontrados mortos na Praia da Joaquina, em Florianópolis durante o domingo (11). O primeiro animal foi encontrado pela equipe da R3/Animal. O segundo foi através de informações repassadas pelo […]

X

Dois filhotes toninha (Pontoporia blainvillei) foram encontrados mortos na Praia da Joaquina, em Florianópolis durante o domingo (11). O primeiro animal foi encontrado pela equipe da R3/Animal. O segundo foi através de informações repassadas pelo telefone por banhistas.  

Os animais foram recolhidos pela técnica de monitoramento Amanda Fernandes e o monitor Rodrigo Tiburski e levados para o Centro de Pesquisa, Reabilitação e Despetrolização de Animais Marinhos (CePRAM/R3 Animal). As duas toninhas mediam 78 centímetros e 85 centímetros de comprimento.

Nesta segunda-feira (12), os resultados da necropsia apontaram para possível causa da morte asfixia/afogamento. Ambas as toninhas tinham marcas, provavelmente causada pela captura incidental, a chamada bycatch, mesmo não sendo alvo de pesca, os animais acabam capturados sem intenção. As capturas incidentais (bycatch) são as principais causas de morte da espécie. A mortalidade em redes de pesca costeiras, principalmente de emalhe, é registrada há mais de meio século, no Brasil, Uruguai e Argentina.

Segundo a presidente da R3 Animal, médica veterinária Cristiane Kolesnikovas, a equipe ficou chocada, mesmo acostumada à essas situações, pois as duas toninhas eram filhotes e ainda tinham leite no estômago.  A toninha (Pontoporia blainvillei) é a espécie de golfinho mais ameaçada de extinção no Atlântico Sul. Ela ocorre apenas no Brasil, Uruguai e Argentina.

Sua característica mais marcante é seu rostro extremamente comprido e fino, com uma testa bulbosa. A toninha é um dos menores cetáceos, podendo atingir até 1,70m, costuma viver em pequenos grupos de dois a cinco animais e tem um comportamento muito discreto, o que a torna muito difícil de ser avistada no ambiente marinho. Ela ocorre em regiões costeiras e se alimenta de peixes, cefalópodes e crustáceos.

Fonte: Clicsc

Geral

Filhote de cachorro nasce com 6 patas nos Estados Unidos

Os estudos apontam que provavelmente o cachorro tem a deficiência pois era uma parte de um gêmeo no útero "mas quando o óvulo fertilizado tentou se partir, não se separou totalmente".

Geral

Chuva registrada no estado bate recorde e ajuda a normalizar nível de mananciais

Com chuvas acima da média, o nível da Lagoa do Peri voltou a normalidade

Geral

Irmãs são internadas com “doença da urina preta” após comerem peixe

Flávia e Pryscila Andrade foram diagnosticadas com Síndrome de Haff após ingerir arabaiana

Geral

Lagarto estressado: Animal dá “corridão” em biólogo de SC e vídeo viraliza

Biólogo estava “conversando” com animal quando lagarto correu atrás dele

Geral

Família do Mato Grosso do Sul pede ajuda para homem que ficou tetraplégico ao cair de costão em Bombinhas

Eles precisam arrecadar R$20 mil para conseguir levar Wellington de ambulância para Campo Grande (MS), onde tem casa própria e familiares por perto

Mais notícias

Brasil

Auxílio emergencial e criptomoedas deverão ser declarados no Imposto de Renda

Saques emergenciais do FGTS também precisarão ser informados

coronavirus

Começa distribuição de 3,2 milhões de doses da vacina contra covid-19

Chegada de mais imunizantes permitirá ampliar grupos prioritários