keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Empresário que disse haver “grana federal” pela cabeça de ministro do STF é preso preventivamente

Ele disse também que existe um agrupamento no Brasil e em outros países que irá caçar o “ministro onde quer que ele esteja”

X
Redes Sociais

Foi preso, na manhã desta segunda-feira (06), o empresário Márcio Giovani Nique, conhecido nas redes sociais como “professor Marcinho”. O mandado de prisão ocorre por conta do inquérito que investiga a realização de ator antidemocráticos no dia 07 de setembro. A prisão é preventiva, ou seja, sem data para terminar, e foi cumprida em Santa Catarina.

Em um live em suas redes sociais, Marcinho afirmou que “um empresário grande está oferecendo grana federal” pela cabeça do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, vivo ou morto.

Ele disse também que existe um agrupamento no Brasil e em outros países que irá caçar o “ministro onde quer que ele esteja”. De acordo com a coluna de Bela Megale, o pedido de prisão foi feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR) e determinado pelo ministro Alexandre de Moares, que está à frente do caso no Supremo

Fonte: Clicsc

Segurança

Bebê com hematoma é levado morto para UPA de SC e pais são presos em flagrante

Pai da criança, um homem de 19 anos, relatou que a esposa, 17, deixou o bebê com ele para comprar um lanche

Segurança

Servidores são flagrados transando em carro da prefeitura durante expediente

Denúncia será investigada e um processo administrativo vai ser aberto para apurar o fato

Segurança

Jovem de 24 anos morre após bater moto em carro na BR-282

Vítima pilotava uma Honda/Biz e morreu no local do acidente.

Segurança

Motorista perde controle, bate em muro e duas pessoas morrem em SC

Outras duas pessoas foram resgatadas com ferimentos

Segurança

Criança brinca de ‘Bumba meu Boi’ e acaba com panela de pressão presa na cabeça

Utensílio só foi retirado quando o bebê dormiu, depois de ser medicado.

Mais notícias

Segurança

Bebê com hematoma é levado morto para UPA de SC e pais são presos em flagrante

Pai da criança, um homem de 19 anos, relatou que a esposa, 17, deixou o bebê com ele para comprar um lanche

coronavirus

Coronavírus em SC: Estado confirma 1.169.031 casos e 19.075 mortes

Na comparação com o boletim anterior, diminuiu em 26 o número de casos ativos e há 8 óbitos adicionais