keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Entenda a polêmica sobre a indicação da mudança de nome de Itapema

A indicação da vereadora Beth Rocha (PSD) provocou uma grande polêmica na cidade e virou assunto em todo o Estado

X
Reprodução
Siga-nos no google-news

Sol, praia, opções turistas diversificadas fazem Itapema ser um dos destinos preferidos pelos turistas. A cidade é referência quando o assunto é turismo no verão. E com toros esses elementos, faltaram justificativas para a indicação da vereadora Beth Rocha (PSD), sugerir a mudança de nome da cidade para ‘Balneário Itapema’.

A indicação 695/2022 provocou uma grande polêmica na cidade e virou assunto em todo o Estado. Na internet, diversas pessoas opinaram a respeito do caso. Muitos comentários foram contrários a sugestão. O documento da indicação da parlamentar ela destaca que o “município está à frente das definições constantes nos dicionários, pois além das belas praias, dos excelentes restaurantes (gastronomia em geral), bares, hotéis, pousadas, calçadão a beira-mar, entre outros, ainda oferece o turismo rural. Assim, visando dar a devida publicidade ao nosso município, o qual já se enquadra no status de Balneário, é que a presente indicação foi elaborada”.

Com a repercussão da indicação, muitas informações desencontradas sobre o assunto também foram disseminadas nas redes sociais. Uma delas é que a Indicação 695/2022 da vereadora tornou-se um Projeto de Lei e que foi aprovado no legislativo. Mas, conforme reforça o Secretário de Administração da Câmara de Vereadores de Itapema, Juliano de Oliveira, as duas propostas são totalmente diferentes e nenhuma lei sobre isso foi aprovada.

“É preciso enfatizar que é uma indicação. Nos últimos dias escutamos muito nas redes sociais que aprovou um Projeto de Lei alterando o nome de Itapema. Isso não é verdade. Um Projeto de Lei cria uma obrigação e depende da sanção da prefeita. A indicação é apenas uma sugestão. A vereadora Beth apresentou isso e vai para o Executivo como sugestão para que eles possam então analisar, realizar um estudo. Basicamente criar uma discussão para ver se é viável trocar o nome, se é benéfico para a cidade, se a população é a favor ou não, isso tudo cabe ao poder Executivo avaliar”, explica.

A Indicação não tem força nem implicação legal caso a Prefeitura não tome providências diante do pedido. Diferente de um Projeto de Lei, que, se for aprovado em plenário e depois sancionado pela Prefeitura, aí sim, tem implicação legal, e passa a vigorar como Lei Municipal.

Fonte: Clicsc

Geral

Fundador da Vinícola Girola morre aos 93 anos em SC

Ele deixa esposa, 10 filhos, 14 netos, 2 bisnetos, familiares e amigos enlutados

Geral

Santa Catarina avalia incluir rota direta para o Caribe

Copa Airlines é uma das principais companhias aéreas da América Latina, e faz rota entre a América do Sul e o Caribe e a América do Norte

Geral

Projeto confirma que plástico é o principal poluente dos costões de Balneário Camboriú

A identificação e limpeza dos pontos que acumulam resíduos nos costões rochosos começaram em agosto de 2021 e terminaram em junho de 2022

Geral

FG Big Wheel doa uma tonelada de alimentos para instituições da região

As doções foram feitas na promoção do aniversário de Balneário Camboriú

Mais notícias

Tempo

SC pode ser atingida por novo ciclone nesta semana

A semana começa quente e abafada, mas logo dá lugar a uma frente fria, que vem acompanhada de temporais e muitas nuvens

Segurança

Furto de fiação elétrica causa desabastecimento de água em cidade catarinense

A SESAN acionou a polícia, que investiga o caso para que sejam aplicadas as medidas legais contra o criminoso