keyboard_backspace

Página Inicial

Sem categoria

Estiagem pode comprometer abastecimento de água em Camboriú e Balneário Camboriú

Barragens no Rio Camboriú e estiagem prejudicam abastecimento de água em Balneário Camboriú e Camboriú

A Empresa Municipal de Água e Saneamento de Balneário Camboriú (EMASA) se reuniu neste sábado (16) com representantes da Prefeitura de Camboriú para tomar medidas para solucionar o problema que deve prejudicar o abastecimento de água nas duas cidades. De acordo com a Emasa, devido às barragens feitas no Rio Camboriú foi preciso diminuir a vazão da Estação de Tratamento de Água (ETA), e o abastecimento poderá ficar comprometidos até a solução do problema.

A barragem é uma barreira artificial, feita em cursos de água para a retenção de grandes quantidades de água. Em Camboriú  elas são usadas por agricultores na rizicultura (cultivo de arroz). Como o nível do rio já está baixo devido a estiagem, as barragens prejudicam ainda mais a captação de água para o abastecimento da Emasa. Na medição deste sábado (16) o nível do rio estava em 1.14 m e o ideal é acima de 1.30 m para que a bomba de captação funcione bem.

“Entramos em contato com a Secretaria de Meio Ambiente e também de Saneamento de Camboriú para fiscalizarem essas barreiras. Existe uma legislação que estabelece que a água deve ser utilizada primeiramente para consumo humano e depois para outros fins, como agricultura. Agora, vamos esperar eles retirarem a barragem para ETA funcionar normalmente”, comentou a diretora técnica da EMASA, Roberta Orlandi.

Mais notícias