keyboard_backspace

Página Inicial

Sem categoria

Festival Internacional de Violão vai até domingo no Teatro Municipal Bruno Nitz

Na manhã deste sábado (03), as pessoas puderam participar de uma masterclasses e receberam dicas para manusear e tocar melhor o violão.

O Teatro Municipal Bruno Nitz está desde a quinta-feira (01) recebendo II Festival Internacional de Violão. Até o domingo (04) amantes do instrumento de cordas poderão participar de diversas apresentações e atividades. Na manhã deste sábado (03), as pessoas puderam participar de uma masterclasses e receberam dicas para manusear e tocar melhor o violão. Toda a programação é gratuita.

Ainda neste sábado, a população também poderá assistir a uma apresentação de livro, a partir das 17h. Já às 18h, será realizado um recital de alunos, e às 20h um recital com Cristo Miguel De La Cruz (MX/BR) e Gabriel Schebor (AR). No domingo, acontecerá um Concerto especial, às 17h com Daniel Wolff, Gabriel Schebor, Marcos Pablo Dalmacio e Quarteto de Cordas. E às 20h, será o Concerto de encerramento com Solista e Orquestra de Cordas da Ilha e solista convidado Cristian Andres Faig (flauta) e a estreia da obra comissionada ao compositor Jaime Zenamon.

Idealizado por Dalmacio, o Festival tem o apoio da Fundação Cultural, por meio do edital de apoio a eventos. O intuito é oportunizar o intercâmbio de conhecimentos entre mestres do violão erudito e a nova geração de músicos.

Galeria Municipal de Arte

Durante o II Festival Internacional de Violão, a Galeria Municipal de Arte está com as exposições “O Tempo” e “Visões Crepusculares”. A visitação também é gratuita. As exposições podem ser visitadas nos horários em que estiveram ocorrendo atividades do Festival no Teatro (confira a programação abaixo).

“O Tempo”, do artista plástico Victor Sieczko, ilustra a história de duas pessoas de personalidades distintas, unidas pelo tempo: um homem da década de 1930 e uma mulher da década de 1960.

“Visões Crepusculares”, do músico e compositor Marcos Pablo Dalmacio em parceria com Sieczko, é formada quatro aquarelas. As obras sugiram com base em um conjunto de imagens que surgiram na mente do músico de maneira espontânea e transformaram-se em visões. Todas elas são inter-relacionadas e integradas à música.

PROGRAMAÇÃO

03/11 (sábado)

Apresentação de livro – 17h
– Marcos Pablo Dalmacio
Recital de alunos – 18h
Recital – 20h
-Cristo Miguel De La Cruz (MX/BR) 
-Gabriel Schebor (AR)

04/11 (domingo)

Concerto especial – 17h
-Daniel Wolff, Gabriel Schebor, Marcos Pablo Dalmacio e Quarteto de Cordas
Concerto de encerramento – 20h
-Solista e Orquestra de Cordas da Ilha e solista convidado Cristian Andres Faig (flauta) 
-Estreia de obra comissionada ao compositor Jaime Zenamon

Mais notícias