keyboard_backspace

Página Inicial

economia

FIESC lança portal de Observatório

O menu também traz dados sobre municípios catarinenses: 91,5% deles possuem renda per capita maior que a média brasileira.

X
Foto: Divulgação

A Federação das Indústrias (FIESC) lançou o novo portal do Observatório da entidade, nesta quinta-feira (18), com transmissão pelo YouTube. A plataforma, que reúne as principais informações da economia catarinense e do país, ganhou novo endereço (https://observatorio.fiesc.com.br), passou por uma reestruturação tecnológica e recebeu novas funcionalidades, com foco na experiência do usuário. Na parte de conteúdo, agregou novas informações e análises, especialmente sobre economia industrial.

O presidente da FIESC, Mario Cezar de Aguiar, destaca que ao longo de sua existência, o Observatório se consolidou como referência em informação econômica de credibilidade e em 2020 deu importante contribuição ao enfrentamento da Covid-19, ao centralizar uma Central de Suporte à Indústria, que teve mais de cem mil acessos. “Hoje apresentamos mais uma atualização tecnológica. O Observatório passa a contar com um ambiente moderno e dinâmico, além de novos conteúdos, onde as informações são localizadas mais facilmente. São novidades que vão ampliar a interação do Observatório com a indústria e aperfeiçoar os serviços prestados. Nesta nova fase, reforçamos a função do Observatório como centro de inteligência. Ou seja, vamos apoiar ainda mais empresas e organizações na tomada de decisão”, afirma.

O diretor de inovação e competitividade da Federação, José Eduardo Fiates, destaca que o site está mais automatizado, o que permite ser mais ágil nas respostas às demandas. “Vamos ter um conjunto de informações abertas à sociedade e também informações exclusivas que vão auxiliar as decisões dos empreendedores”, salienta. Ele ressaltou que há um grande volume de dados e informações disponíveis atualmente, mas a transformação disso em conhecimento é fundamental para o desenvolvimento dos negócios, dos produtos, das estratégias competitivas das empresas e dos ambientes onde as companhias estão inseridas.

Ao navegar pela plataforma, o usuário vai encontrar cinco menus principais: soluções, cenário econômico, indicadores, publicações e SC Competitiva. A parte de soluções oferece informações personalizadas para o cliente, como mapeamento de cadeias produtivas, planejamento estratégico setorial e painéis de inteligência de mercado, por exemplo. Em cenário econômico, o usuário encontra, de forma descomplicada, uma série de análises sobre indicadores como emprego, balança comercial, produção industrial, índice de confiança e intenção de investir.

O menu SC Competitiva, que substitui a publicação SC em Dados, reúne as principais informações da indústria e da economia catarinense. O novo formato permite atualização frequente e traz informações setoriais. Por exemplo, a indústria catarinense tem 50,8 mil estabelecimentos, é a mais diversificada e tem o quarto maior parque industrial do país, responde por 26,7% do PIB, 34% dos empregos formais (804,7 mil trabalhadores), 90,7% das exportações e 97,9% das importações de SC. Além disso, a indústria de Santa Catarina liderou a geração de empregos no país em 2020, com a abertura de 25,4 mil vagas.

O menu também traz dados sobre municípios catarinenses: 91,5% deles possuem renda per capita maior que a média brasileira. Os mais populosos são Joinville, Florianópolis e Blumenau. Os que possuem maior PIB são Joinville, Itajaí, Florianópolis e Blumenau. Os índices sociais do estado estão entre os melhores do país e da América Latina. Santa Catarina possui o mais alto índice de expectativa de vida do país, uma das menores taxas de mortalidade infantil e também é a unidade federativa com menor desigualdade econômica e analfabetismo do Brasil.

Fonte: Clicsc

economia

Governo vai selecionar projetos de transformação digital

A estratégia visa a digitalização de 100% dos serviços públicos no âmbito federal, com economia de recursos

economia

Agência Nacional de Transportes Terrestres vai atualizar valores dos Pisos Mínimos de Frete

A variação no preço do óleo diesel no mercado nacional superior a 10% será considerada

economia

Programa Coopera Empreendedor inicia a primeira turma de 2021

O programa que já beneficiou mais de mil empresas, selecionou nesta edição 173 cooperados empreendedores que receberão consultorias especializadas

economia

Santa Catarina tem mais de quatro mil vagas de emprego no Sine

Há oportunidades em 55 municípios catarinenses para todos os níveis de escolaridade, com ou sem experiência.

economia

Diesel está 11,36% mais caro que em outubro de 2020

Combustível ultrapassou R$ 4,00 em fevereiro e os dois tipos, comum e S-10, registraram valores acima de todos os meses de 2020

Mais notícias

Política

Democracia via internet: vereador quer a participação e avaliação popular em projetos

Proposta visa implementar sistema similar ao usado nos sites do Senado, Câmara dos Deputados e Alesc

coronavirus

Professor de História morre de Covid-19 em Itajaí

Edson também atuava como fotógrafo, especializado em observação de aves