keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Filas na BR-101 em Balneário Camboriú já passam de 4 km

A volta do feriadão tem deixado as rodovias da região bem movimentadas nesta segunda-feira (12). Na BR-101, sentido Curitiba (PR), às filas já passam de 4 km. Segundo o policial Graziano, o maior fluxo está […]

X

A volta do feriadão tem deixado as rodovias da região bem movimentadas nesta segunda-feira (12). Na BR-101, sentido Curitiba (PR), às filas já passam de 4 km. Segundo o policial Graziano, o maior fluxo está concentrado em Balneário Camboriú.

 Na cidade de Itapema, muitos motoristas estão desviando o tráfego intenso da rodovia pela marginal. No sentido ao Centro, após o túnel da Havan, há grande congestionamento. Alguns condutores, tentam desviar o trânsito pelo Morro do Areal, cortando por Camboriú.

Já no sentido Oeste, pela BR-282, o trânsito também está intenso. Conforme a PRF, o trecho de maior movimento está em Águas Mornas, no km 44. Mas, a previsão é que nas próximas horas, principalmente à noite, o movimento fique ainda maior.

Fonte: Clicsc

Geral

Idoso de 95 anos que tentou salvar casa de incêndio com pote de sorvete ganha novo lar

Construtora se sensibilizou com a situação e vai construir um novo lar para o casal de idosos

Geral

Vídeo registra momento em que raio cai em posto guarda-vidas e deixa dois bombeiros feridos

O incidente ocorreu na manhã desta sexta-feira (26) e deixou dois bombeiros que trabalhavam no local feridos, um deles em estado grave

Geral

Raio cai em posto guarda-vidas e atinge dois bombeiros na divisa com SC

Dois guarda-vidas estavam no local quando o raio caiu, eles ficaram feridos, um deles em estado grave

Geral

Estados e municípios poderão pegar mais R$ 20 bi em empréstimos

Limite de crédito foi autorizado pelo Conselho Monetário Nacional

Geral

Tecnologia 5G estará disponível em todas as capitais até julho de 2022

Aprovado pela Anatel, edital para o leilão será analisado pelo TCU

Mais notícias

coronavirus

Bebê de um ano e quatro meses morre vítima da Covid-19

Bebê não tinha nenhuma doença pré-existente e apresentou os sintomas da doença há cerca de duas semanas