keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Filho caminhoneiro bate na carreta do pai e morre carbonizado

O motorista ficou preso às ferragens e morreu carbonizado

X
Divulgação

Um acidente na manhã desta quinta-feira (04), na BR-467, entre as cidades de Cascavel e Toledo, deixou um homem morto.

Segundo informações, pai e filho teriam saído de um posto de combustíveis onde passaram a noite em dois caminhões. Durante o trajeto, o filho que dirigia o veículo logo atrás do caminhão do pai, perdeu o controle e bateu na carreta do pai.

O motorista ficou preso às ferragens e morreu carbonizado. A Polícia Rodoviária Federal também prestou auxílio à ocorrência, controlando o fluxo de veículos. O Corpo de Henrique Mateus, 23 anos, foi recolhido ao IML de Toledo.

Fonte: Clicsc

Segurança

Polícia prende idosa por maus-tratos a animais em Blumenau

No local, os oficiais encontraram um cachorro preso a uma corrente com um ferimento muito grave no focinho.

Segurança

Polícia encontra crack escondido em estepe na BR-163

A droga estava em um GM/Astra de Abelardo Luz/SC, escondida no interior do pneu sobressalente

Segurança

PM flagrado por embriaguez ao volante tem CNH suspensa e pagará multa

No momento da abordagem, o militar recusou-se a fazer o teste do bafômetro,

Segurança

Polícia apreende mais de 2 mil garrafas de vinho escondidas em caminhão de mudança

A vistoria no veículo foi iniciada quando o motorista não soube informar aos policiais o endereço de entrega da suposta mudança

Segurança

Porcos morrem queimados após curral pegar fogo

Apesar dos esforços, não foi possível salvar os animais

Mais notícias

Política

STJ pode anular nesta terça (02) processo contra Flávio Bolsonaro

A decisão da 5ª Turma do STJ do último dia 23, que anulou a quebra de sigilo fiscal e bancário do Senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), sozinha, não tem o poder de anular a investigação sobre um suposto […]

Utilidade Pública

Defesa Civil e Obras atuam no atendimento de ocorrências causadas pelas chuvas em Itapema

Só nas últimas 48 horas horas foram 105 mm de precipitação no acumulado, causando pontos com alagamentos e deslizamentos.