keyboard_backspace

Página Inicial

mundo

Golfinhos militares da Rússia são registrados por satélite em base naval

Animais como os golfinhos militarizados podem vigiar a região em busca de minas ancoradas, mergulhadores e outras possíveis ameaças

X
Getty Images/U.S Navy

Imagens de satélite capturadas pela Maxar Technologies mostram a presença de golginhos militarizados no porto de Sebastopol, na Crimeia. Apesar de inacreditável, os animais realmente existem, e pertencem à Marinha Russa e eles tem como objetivo proteger a base naval do país.

Segundo informações de relatório do Isntituto Naval dos Estados Unidos, os animais foram transferidos para a base em fevereiro, logo após a invasão da Ucrânia pela Rússia.

Animais como os golfinhos militarizados podem vigiar a região em busca de minas ancoradas, mergulhadores e outras possíveis ameaças. Além de golfinhos, há baleias belugas, leões marinhos e focas aptos para serem treinados.

A agência de notícias russa RIA Novosti escreveu em 2014: “Os golfinhos são treinados para patrulhar águas abertas e atacar ou prender boias a itens de interesse militar, como minas no fundo do mar ou mergulhadores de combate treinados.”

No caso dos mergulhadores inimigos, o golfinho é treinado para colocar um dispositivo nas costas da pessoa, arrastando ela para a superfície.

Fonte: Clicsc

mundo

Gerente de lanchonete é preso por urinar em milkshakes de clientes

Além disso, o homem está sendo investigado por pornografia infantil

mundo

Fenômeno Aphelion: Entenda a situação afasta a Terra do Sol prevista para julho de 2022

Fontes especializadas garantem que não estão previstos efeitos significativos no clima ou saúde no Planeta

mundo

Elon Musk suspende acordo para compra do Twitter

Medida fez com que ações do Twitter desabassem

mundo

Homem compra cofre antigo por R$500 e encontra R$125 mil dentro

O morador da Califórnia solicitou que o comprador devolvesse uma parte do lucro inesperado, mas o comprador se recusou

mundo

Jovem tem morte cerebral após acidente durante racha na saída de balada

Passageira de 15 anos do carro morreu no local do acidente

Mais notícias

Geral

Tempestade Yakecan: ventos já passaram de 75km/h e Defesa Civil monitora fenômeno

De acordo com a Defesa Civil, até a noite de quarta-feira, 18, o sistema pode se intensificar e ganhar características de Tempestade Tropical, trazendo ventos sustentados, que são contínuos, de 75 km/h.

Economia

Negócios: Estado é apresentado para 30 países no SC Day

Evento foi realizado na Embaixada de Portugal, em Brasília