keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Governo quer dificultar importações no Mercado Livre, Shopee e AliExpress

Governo planeja a MP após pressão de um grupo de empresários brasileiros e de entidades comerciais

X

O Ministério da Economia está trabalhando para lançar uma Medida Provisória (MP) para dificultar a importação de produtos vindos da China. A nova regra, que afetaria lojas virtuais como a AliExpress, Wish, Shein, Shopee e Mercado Livre, pode permitir que os impostos da importação sejam cobrados diretamente nas plataformas, na hora da compra, e não na Receita Federal.

O governo planeja a MP após pressão de um grupo de empresários brasileiros e de entidades comerciais. Alexandre Ostrowiecki, CEO da Multilaser, e entidades como a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) e Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit) consideram que as lojas que vendem produtos chineses praticam “concorrência desleal”.

A pasta tocada pelo ministro Paulo Guedes pensa, por exemplo, em tributar compras de pessoas físicas (PF) independentemente do valor da importação. Atualmente, quem compra um produto importado de outra pessoa física não paga imposto caso o valor fique abaixo de US$ 50 (cerca de R$ 238 na cotação atual).

O governo brasileiro e a Receita Federal tratam, inclusive, a MP como prioridade. Apesar de funcionar como lei após edição do presidente da República, uma Medida Provisória é posteriormente avaliada pelo Legislativo, que tem poder para derrubar as novas regras.

Uma MP tem vigência de 60 dias, prazo que pode ser automaticamente prorrogado por um período igual caso ela não tenha sido votada tanto na Câmara dos Deputados quanto no Senado.

Camelódromos digitais

Os empresários e entidades brasileiros que estão pressionando o governo chamam as lojas que importam produtos da China de “camelódromos digitais”. Eles consideram que há uma disparidade entre os impostos e taxas recolhidos por esses comércios eletrônicos e os empreendimentos nacionais.

A “força-tarefa” já apresentou, inclusive, um documento de 90 páginas a entidades governamentais do país, incluindo ao próprio presidente Jair Bolsonaro, apontando supostas irregularidades.

Geral

Univali de Balneário Camboriú recebe o Intercom Sul de 16 a 18 de junho

O evento este ano tem como tema as Ciências da Comunicação contra a desinformação

Geral

Procon de SC proíbe vendas de bebida Del Valle

Procon SC determinou a suspensão depois de acolher uma denúncia do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec)

Geral

Balneário Piçarras entrega kit de uniformes de inverno para alunos

Kit é composto por seis peças de vestuário e um par de tênis

Geral

Gestante entra em trabalho de parto dentro de ambulância dos bombeiros em SC

A família da gestante se deslocava com ela da Linha Polo Rico, no Sentido ao Hospital São Francisco quando encontraram os bombeiros

Geral

Bispo-emérito de Blumenau irá celebrar o casamento de Lula com Janja

Em 2018, o bispo rezou uma missa para o ex-presidente pouco antes de ele ser preso em Curitiba

Mais notícias

Segurança

Filho do ex-presidente Lula é assaltado no trânsito

Dois aparelhos telefônicos e R$ 250 reais foram levados durante a investida

Segurança

Casal é preso tentando esconde mais de 200kg de maconha em Concórdia

O casal recebeu voz de prisão e os dois foram conduzidos até a Delegacia de Polícia Civil de Concórdia