keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Grupo vendia hambúrguer feito com carne de cavalo na Serra Gaúcha

Operação cumpre seis mandados de prisão preventiva e 15 de busca e apreensão referentes a oito alvos

X
Divulgação/MP-RS

O Ministério Público do Rio Grande do Sul, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) – Segurança Alimentar, deflagrou no início da manhã desta quinta-feira, 18 de novembro, em Caxias do Sul, a operação Hipo. O objetivo é desarticular organização criminosa e apurar crimes contra as relações de consumo e contra a saúde pública. Estão sendo cumpridos, neste momento, seis mandados de prisão preventiva e 15 de busca e apreensão referentes a oito alvos.

Em análise às conversas interceptadas pelo MPRS com autorização da Justiça, o Gaeco apurou que o grupo investigado abastecia estabelecimentos da cidade com grandes quantidades de carne (em forma de hambúrgueres e bifes) provenientes do abate clandestino de equinos, suspeita que foi confirmada por meio da realização de perícias em duas hamburguerias de Caxias do Sul, em cujos lanches foi encontrada presença de DNA de cavalo. Também eram misturadas carnes de peru e suíno. “Eram distribuídos em torno de 800kg semanais”, conta o coordenador do Gaeco – Seguranca Alimentar, promotor de Justiça Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, que está à frente da operação e cumpre os mandados juntamente com o promotor da Especializada Criminal de Porto Alegre, Mauro Rockenbach.

Conforme o Ministério Público, o grupo não possui autorização para o abate e comercialização de nenhum tipo de carne. Assim, as atividades de abate, beneficiamento, armazenamento e comercialização vinham ocorrendo sem qualquer fiscalização, o que é essencial para prevenir que carnes sem inspeção de fiscais médicos veterinários sejam consumidas pelas pessoas.

Fonte: Clicsc

Segurança

Criança de 3 anos morre atropelada por caminhonete enquanto brincava no quintal de casa

O motorista relatou que não se lembra exatamente do ocorrido, por causa do trauma

Segurança

Caseiro que matou esposa grávida e enteada de dois anos disse que era fã de Lázaro

Novo Lázaro: moradores temem novos ataques de caseiro foragido em Goiás

Segurança

Traficante de SC enviada maconha pelo correio para usuários

A venda ocorria pela internet e a maconha era enviada pelos Correios

Segurança

Vídeo: Motorista passa mal e cai dentro de rio em Brusque

O homem teve apenas arranhões pelo corpo e foi encaminhado ao Hospital Azambuja

Segurança

Polícia encontra 100kg de maconha escondidos em sacos de ração

A droga era transportada em um veículo furtado há quatro anos e que circulava clonado na rodovia

Mais notícias

Geral

Varejista investe R$ 1 milhão em loja de São José

Empreendimento integra projeto de expansão na Grande Florianópolis

Brasil

Corpo de empresário desaparecido é encontrado dentro da barriga de jacaré

O empresário desapareceu depois de sair de casa e informar para a esposa que faria uma viagem rápida