keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Homem é morto no quintal de casa e crime é denunciado quatro horas depois; vizinhos dizem não ter visto nada

Os tiros teriam sido disparados por volta de 7h30m, mas a policia só foi acionada ao meio-dia

X
Divulgação

Um homem de 56 anos foi morto no quintal de casa no bairro Jardim Progresso, em Tijucas, na manhã desta quinta-feira (19). A vítima foi identificada como Levi Martins Roda e seria usuário de drogas.

Segundo informações, o homem estava no quintal de sua casa quando foi atingido. Marcas de tiros foram encontradas nos muros da residência.

Os vizinhos da vítima ouviram os disparos e a polícia foi acionada, mas apenas quatro horas depois do assassinato. O Corpo de Bombeiros foi até o local, mas já encontraram o homem morto.

Os tiros teriam sido disparados por volta de 7h30m, mas a policia só foi acionada ao meio-dia. Os vizinhos disseram que não viram nem sabem de nada.

Fonte: Clicsc

Segurança

Bebê com hematoma é levado morto para UPA de SC e pais são presos em flagrante

Pai da criança, um homem de 19 anos, relatou que a esposa, 17, deixou o bebê com ele para comprar um lanche

Segurança

Servidores são flagrados transando em carro da prefeitura durante expediente

Denúncia será investigada e um processo administrativo vai ser aberto para apurar o fato

Segurança

Jovem de 24 anos morre após bater moto em carro na BR-282

Vítima pilotava uma Honda/Biz e morreu no local do acidente.

Segurança

Motorista perde controle, bate em muro e duas pessoas morrem em SC

Outras duas pessoas foram resgatadas com ferimentos

Segurança

Criança brinca de ‘Bumba meu Boi’ e acaba com panela de pressão presa na cabeça

Utensílio só foi retirado quando o bebê dormiu, depois de ser medicado.

Mais notícias

Segurança

Bebê com hematoma é levado morto para UPA de SC e pais são presos em flagrante

Pai da criança, um homem de 19 anos, relatou que a esposa, 17, deixou o bebê com ele para comprar um lanche

coronavirus

Coronavírus em SC: Estado confirma 1.169.031 casos e 19.075 mortes

Na comparação com o boletim anterior, diminuiu em 26 o número de casos ativos e há 8 óbitos adicionais