keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Homem sai para fumar, sente cheiro forte e encontra corpo em avançado estado de decomposição

Um homem foi encontrado morto dentro de uma construção na cidade de Tubarão na última sexta-feira (10). A vítima foi identificada como Édson Ricardo Salasario, de 37 anos. O corpo foi descoberto por uma pessoa […]

X


Um homem foi encontrado morto dentro de uma construção na cidade de Tubarão na última sexta-feira (10). A vítima foi identificada como Édson Ricardo Salasario, de 37 anos.

O corpo foi descoberto por uma pessoa que parou próximo do local para fumar e sentiu um cheiro forte.

Édson estava nas ruínas da construção, coberto parcialmente por um tapume e outros detritos. 

Por meio de uma tatuagem, o corpo foi identificado. Édson estava desaparecido desde o dia 2 de setembro, quando saiu para trabalhar e não voltou mais.

Há suspeita de homicídio no caso, que segue em investigação pela Polícia Civil. O corpo já estava em estado avançado de decomposição.

Fonte: Clicsc

Segurança

Vídeo: Homem caminha com bois furtados em avenida movimentada de Florianópolis

Inicialmente, ele afirmou que os animais eram de seus tios. Porém, ele não tinha a documentação para comprovar sua versão

Segurança

Operação identifica 55 licitações fraudadas ao longo de uma década em dois municípios catarinenses

Nos últimos dias, a Polícia Civil de Santa Catarina, por intermédio da 2ª Delegacia Especializada no Combate à Corrupção, concluiu uma investigação de delitos de fraudes em licitações nos municípios de Treze de Maio e […]

Segurança

Acidente entre caminhonete e caminhão mata mãe e filha adolescente em SC

O acidente foi entre um Hyundai/Creta e um caminhão Volkswagen/9.170 DRC, que transportava nitrogênio líquido refrigerado

Segurança

Jovem morre esmagado por trator em comunidade agrícola

Antes dos bombeiros chegarem, por volta das 15h20, moradores já tinham removido o homem da parte inferior da máquina

Mais notícias

Segurança

Vídeo: Homem caminha com bois furtados em avenida movimentada de Florianópolis

Inicialmente, ele afirmou que os animais eram de seus tios. Porém, ele não tinha a documentação para comprovar sua versão