keyboard_backspace

Página Inicial

Saúde

Hospital Marieta atualiza parque tecnológico para melhorar a eficiência dos atendimentos

Empresa contratada também auxiliou no projeto UTI humanitária para amenizar a angústia dos parentes e pacientes com Covid-19

X
Divulgação

Hospital Marieta atualizou o parque de computadores e impressoras por meio de aluguel de equipamentos. A iniciativa foi para modernizar de forma rápida e garantir mais eficiência da unidade. O material foi tratado com a Simpress, empresa especialista em outsourcing de equipamentos e soluções de TI. A parceria permitiu mais agilidade no atendimento de seus pacientes e alívio nas demandas da equipe de TI.

Atualmente, todas as impressoras e mais de 85% dos computadores em operação no Hospital Marieta passaram a ser gerenciados pela Simpress, empresa que também cuida da manutenção preventiva e corretiva do parque completo, com reparo ou a substituição dos equipamentos, backup e logística reversa.

Após a experiência positiva com o modelo de outsourcing de desktop, a instituição de Itajaí optou por realizar a implantação de impressoras, atingindo 100% do seu parque, que antes era de 50% com impressoras próprias, mas que se apresentavam obsoletas, e 50% que fazia parte de um contrato com outro fornecedor. “A empresa anterior não disponibilizava o backup e quando ocorria algum defeito nos equipamentos demorava muito para resolver. Além disso, não tinha manutenção preventiva e o custo era alto comparado com o retorno”, explica Domingos Garcia, gerente de TI do Hospital Maternidade Marieta Konder Bornhausen.

UTI Humanitária durante a pandemia

Em julho de 2020, durante a pandemia da Covid-19, a Simpress contribuiu também para o projeto da UTI humanitária do Hospital Marieta, cujo objetivo era propiciar o contato dos pacientes com seus familiares. Foram utilizados alguns tablets para que os médicos entrassem em contato com os familiares e realizassem o boletim diário, além das ligações por áudio ou vídeo para que os parentes pudessem realizar uma visita virtual com os internados. Depois da parceria ter iniciado na unidade de Itajaí, o modelo de outsourcing da Simpress também foi adotado em São José dos Campos (SP) e Belo Horizonte (MG). “A iniciativa foi muito positiva porque colocou o paciente em contato com os familiares mesmo diante da necessidade de isolamento. Com a tecnologia, conseguimos manter o atendimento humanizado que é nossa principal preocupação”, salienta a diretora geral, Irmã Mercia Lemes.

Fonte: Clicsc

Saúde

Hepatite aguda: Sala de situação é criada pelo Ministério da Saúde para monitorar doença

Ministério da Saúde cria sala de situação para monitorar hepatite aguda em crianças

Saúde

Santa Catarina tem baixa procura por vacinas da gripe e sarampo

Faltando menos de um mês para o fim das Campanhas de Vacinação contra a gripe e contra o sarampo, a Secretaria de Saúde de Santa Catarina (SES) alerta para a baixa procura pelas vacinas. Até […]

Saúde

Mais um caso suspeito de hepatite misteriosa é registrado em SC

Os casos estão sendo investigados pelas Secretarias de Saúde Municipais de Itajaí e Balneário Camboriú

Saúde

Município catarinense é obrigado a oferecer serviço de saúde 24h

Ministério Público constatou que a população de Ponte Alta está sem acesso aos atendimentos de urgência e emergência determinados por lei. Município tem no máximo quinze dias para se adequar. O não cumprimento da ordem judicial pode acarretar em multa diária

Saúde

Vacinação contra gripe segue em Balneário Camboriú até 3 de junho

Em Balneário Camboriú, cerca de 15 mil pessoas já se vacinaram contra a gripe

Mais notícias

Segurança

Filho do ex-presidente Lula é assaltado no trânsito

Dois aparelhos telefônicos e R$ 250 reais foram levados durante a investida

Segurança

Casal é preso tentando esconde mais de 200kg de maconha em Concórdia

O casal recebeu voz de prisão e os dois foram conduzidos até a Delegacia de Polícia Civil de Concórdia