keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Idoso que trabalhava em situação análoga à escravidão é resgatado

Um idoso de 64 anos, que era mantido em condições de trabalho semelhantes à escravidão, foi resgatado na noite de quarta-feira (20), em Quaraí, no Rio Grande do Sul. O homem trabalhava há quase quatro […]

X

Um idoso de 64 anos, que era mantido em condições de trabalho semelhantes à escravidão, foi resgatado na noite de quarta-feira (20), em Quaraí, no Rio Grande do Sul. O homem trabalhava há quase quatro anos em uma granja no interior do município e não recebia salário. Ainda revelou ter sido submetido a humilhações, alvo de ofensas racistas e ganhava alimentação insuficiente, tendo que recorrer a frutas colhidas do chão da fazenda para matar a fome. A operação de resgata foi realizada pela   Polícia Civil, Superintendência Regional do Trabalho e Ministério Público do Trabalho.

O dono da granja, segundo o Ministério Público do Trabalho, também teria retido os documentos pessoais do homem. O trabalhador contou que dormiu muitas vezes ao relento do tempo e que seu alojamento na granja era um galpão construído de tábuas, folhas de zinco e piso de terra batida.

“O espaço era mantido como depósito de materiais, rações para animais e veneno para a lavoura, além de ser constantemente infestado por ratos e pulgas”, afirmou o MPT. Na propriedade realizava diversas atividades, como ordenha de vacas, corte de lenha, trato de gado e manutenção de parreiras.

O trabalhador foi internado no início deste mês após sofrer fortes dores na coluna e outros problemas de saúde. As denúncias de sua condição se tornaram públicas após acompanhamento de uma psicóloga no atendimento médico. O idoso será levado à Assistência Social de Quaraí que deverá providenciar condições dignas de hospedagem após a alta médica do hospital. Ele ainda receberá o seguro-desemprego em razão do ocorrido. Segundo o MPT, serão cobradas, ainda, as verbas rescisórias e indenizações para vítima de trabalho escravo.

O proprietário da granja, ouvido pela Polícia Civil de Quaraí, confirmou apenas em parte as condições de hospedagem e trabalho. Se condenado, poderá ser preso, além de ter que custear as multas e demais despesas do processo.

Fonte: Clicsc

Segurança

Homem é encontrado morto em barracão em SC

Perto do corpo foram encontrados alguns rolos de fiações de cobre, uma mochila e um alicate

Segurança

Moto é apreendida com mais de R$ 1 milhão em multas e débitos no PR

Somente depois da abordagem os agentes constataram os débitos

Segurança

Fiscalização para coibir transportes clandestinos no município são intensificadas em Navegantes

O secretário da pasta, Joziel José Pereira, explica que constantemente, chegam denúncias no setor

Segurança

Polícia Civil faz operação contra a Farra do Boi e cumpre mandados em Porto Belo

Os investigados podem responder pelos crimes de maus-tratos a animais, com pena prevista de três meses a um ano, e associação criminosa, com pena de reclusão de um a três anos

Segurança

Policial da reserva morre durante explosão em SC

Ele estaria realizando um trabalho e o objeto que ele manuseava acabou explodindo, causando a morte na hora

Mais notícias

Mercado Imobiliário

Vereadores de Itajaí discutem sobre regras para conter barulho em obras e construções

O objetivo é evitar o excesso de barulho do maquinário e garantir a fiscalização

Geral

Procon de SC proíbe vendas de bebida Del Valle

Procon SC determinou a suspensão depois de acolher uma denúncia do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec)