keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Itajaí irá reformar caixa d’água de 1954

Serviço começa em agosto e tem prazo de 90 dias para conclusão

X
Divulgação
Siga-nos no google-news

O Município de Itajaí vai reformar a caixa d’água situada na rua João Bauer, no Centro. O antigo reservatório de água tratada, inaugurado em 1954, passará por melhorias em sua estrutura a fim de preservar a integridade do patrimônio. O trabalho será feito pelo Semasa e engloba limpeza, pintura externa, correções na estrutura e nova iluminação. Os serviços devem iniciar em agosto, com prazo de 90 dias para conclusão.

Com 17 metros de altura e 15 metros de diâmetro, a caixa d’água é símbolo de um período de desenvolvimento econômico e social para o município, marcado pelo auge da exportação de madeira no porto. O reservatório era parte de um sistema de abastecimento, que contava também com tubulações e uma estação de tratamento de água, localizada no morro das Arapongas, em operação até hoje. “Com atos dessa natureza, o Semasa confirma sua responsabilidade social e seu compromisso com a história do município”, declara o diretor geral da autarquia, Rafael Luiz Pinto.

Desativada na década de 1990, a estrutura ainda é importante para o sistema de abastecimento por comportar três conjuntos de motobombas que aumentam a pressão da rede para imóveis dos bairros Centro e Fazenda, além de ajudar a abastecer o reservatório do Morro da Cruz. O prédio, construído no mesmo terreno, foi recentemente cedido à Fundação Univali, pelo Semasa, para ampliação do Hospital Infantil Pequeno Anjo.

Crescimento da população e demanda de água

A caixa d´água do Centro, inaugurada em sete de setembro de 1954, atendeu a demanda por água de uma população em crescimento. Na época, Itajaí contava com cerca de 50 mil habitantes. O historiador Edison d’Ávila conta que o governador itajaiense Irineu Bornhausen aceitou resolver esse problema, mas para isso a gestão da água, até então administrada pelo município, precisava passar para o estado.

Na época, o projeto foi elaborado pelo escritório de engenharia de Saturnino de Brito Filho e a obra executada pela Cobrazil, empresa que trabalhava na construção do porto. A gestão da água foi administrada pelo Governo do Estado até 2003, quando foi novamente municipalizada.

“Essa obra é um símbolo da arquitetura modernista e um dos mais bonitos reservatórios do Brasil. A manutenção dele é muito importante para a preservação da história de Itajaí”, destaca o historiador Edison d’Ávila. 

Fonte: Clicsc

Cidades

Mutirão de castrações deve atender 400 animais em Itajaí

Na quinta (04) e sexta-feira (05), as castrações serão realizadas no pátio da Igreja Santa Clara, no bairro São Vicente

Cidades

Audiência Pública apresenta Diagnóstico Socioambiental do Município de Porto Belo

Diagnóstico Socioambiental do Município de Porto Belo, tratando do parcelamento do solo urbano, para dispor sobre as áreas de preservação permanente no entorno de cursos d’água

Cidades

Prefeito de BC apresenta realidade do Hospital Ruth Cardoso ao governador Carlos Moisés

Ruth Cardoso foi concebido para ser um hospital municipal e desde sua abertura atende a região, que é uma das que mais crescem demograficamente no Estado

Cidades

Estudantes da Rede Municipal de Ensino retornam às aulas nesta segunda-feira em Itapema

Estudantes da Rede Municipal de Ensino retornam às aulas nesta segunda-feira em Itapema

Mais notícias

Tempo

Municípios do Oeste de SC são atingidos por chuva de granizo

Defesa Civil informou que contabiliza os prejuízos e que distribuiu lonas para moradores