keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Itajaí: Projeto de trecho exclusivo para o acesso de cargas e veículos pesados ao Porto de Itajaí é divulgado

Rua do Porto permitirá expansão portuária e eliminará conflitos no trânsito de caminhões

X

O projeto de construção da Rua do Porto em Itajaí ultrapassa os benefícios das soluções viárias de construir novas conexões entre os bairros da cidade e garantir espaços públicos urbanizados com calçadas amplas e ciclovias. A obra demarcará a expansão da área primária de movimentação e armazenagem de cargas no Porto de Itajaí e eliminará os conflitos causados pelo trânsito de caminhões de contêineres na região. Os primeiros passos foram consolidados em outubro deste ano com a desapropriação, aquisição e demolição de imóveis no espaço que dará lugar à nova rua.

“A Rua do Porto é uma obra que contempla a Itajaí do futuro. Uma cidade com qualidade de vida para os cidadãos, projetada para a mobilidade urbana sustentável com largas calçadas, ciclovias e ciclofaixas, segura, com trânsito organizado e boa iluminação pública. E uma cidade próspera com um porto ampliado, tecnológico e eficiente”, comenta o prefeito Volnei Morastoni sobre a obra.

Conheça o projeto da Rua do Porto

Ao ligar as avenidas Marcos Konder, no Centro de Itajaí, e Irineu Bornhausen (Caninana), no São João, a obra vai melhorar a mobilidade urbana, proporcionar segurança e resolver um dos principais gargalos do trânsito. O projeto prevê trecho exclusivo para o acesso de cargas e veículos pesados ao Porto de Itajaí e cria o espaço necessário para triplicar a área primária para mais de 300 mil metros quadrados.

Com seis pistas e faixa exclusiva para ônibus, a Rua do Porto terá mais de 50 mil metros quadrados de pavimentação em asfalto e se ligará da avenida Marcos Konder, no cruzamento com a rua Silva, e chegará até a avenida Irineu Bornhausen, no cruzamento com a rua Max. A nova via cruzará as ruas Tijucas, Capitão Adolfo Germano de Andrade, Felipe Reiser e Pedro Antonio Fayal.

O projeto também implantará 14 mil metros quadrados de passeios e ciclovias, sistema de drenagem pluvial, arborização e iluminação pública. A via dá continuidade às transformações que estão revolucionando o trânsito de Itajaí e melhorando a qualidade de vida dos cidadãos. Os investimentos são avaliados em mais de R$ 40 milhões entre desapropriações e obras. O projeto de execução da via será encaminhado para licitação ainda este ano.

Trabalho em conjunto entre a Autoridade Portuária Pública e o Município de Itajaí

Ao norte da Rua do Porto, serão construídos os muros da área primária de armazenamento de cargas. Em paralelo às desapropriações para a rua, a Superintendência do Porto de Itajaí trabalha na aquisição de outros imóveis para que se possam substituir os trechos das ruas Coronel José Eugênio Müller e Blumenau pelo projeto da nova via. Com as desapropriações, o espaço será triplicado para aumentar a capacidade de armazenagem de contêineres. Uma parceria técnica e administrativa entre o Porto e o Município de Itajaí.

“Esse projeto é uma prova concreta do sucesso do modelo adotado em Itajaí com a Autoridade Portuária Pública Municipal. O Porto ganha em eficiência na ampliação de sua área primária e os cidadãos se beneficiam com maior qualidade de vida ao diminuir as distâncias e tempo no trânsito”, defende o prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni. “Todos pelo nosso Porto, estamos mostrando ao Governo Federal que Itajaí faz a sua parte. Os investimentos se transformam em resultados no Complexo Portuário que bate recordes mês a mês”, finaliza o prefeito.

Estrutura sólida para novas obras e para o futuro

Além da ampliação portuária, o projeto se interliga a outras obras de mobilidade e transformações estruturais em Itajaí. A Rua do Porto será o ponto de chegada da segunda etapa da Via Expressa Portuária e ponto de partida para interligação subterrânea entre Itajaí e Navegantes, por meio de um túnel.

Prestes a concluir a primeira etapa da Via Expressa Portuária de Itajaí, para retirar os caminhões da rua Doutor Reinaldo Schmithausen, o Município trabalha no projeto da sua continuidade. A segunda etapa vai retirar os caminhões da avenida Irineu Bornhausen (Caninana) e se interligará na Rua do Porto. A ideia é separar o trânsito da cidade do caminho dos contêineres.

O projeto de mobilidade urbana entre os municípios da Associação da Foz do Rio Itajaí (Amfri) que culmina com a construção do túnel entre Itajaí e Navegantes se interliga à Rua do Porto e Via Expressa. O corredor de deslocamento intermunicipal passará pela Rua do Porto até chegar nas margens do rio Itajaí-Açu, no bairro da Barra do Rio, para a ligação subterrânea entre as cidades. O financiamento do projeto está em trâmite junto ao Banco Mundial.

Cidades

Projeto “Amigos do Morretes” entrega mais de 200 marmitas para famílias vulneráveis

Um dos membros da associação, o vereador e presidente da câmara Alexandre Xepa explica que esta ação é realizada com o apoio de muitas pessoas, que se unem para ajudar ao próximo

Cidades

Refis tem desconto de até 90% em Itapema

O desconto nos valores é de 90% dos juros e multas para pagamento em parcela única

Cidades

Prefeitura de Porto Belo realiza operação em Loteamento Clandestino

A ação alerta para uma situação importante, que é a avaliação sobre a liberação para construção em diferentes áreas do Município antes de adquirir terrenos

Cidades

Prefeitura de Balneário Piçarras vai investir no prolongamento do trecho Sul da Avenida Beira Mar

Limpeza da área ocupada pelo camping começou na manhã desta segunda-feira (29)

Cidades

Nova escola de ensino fundamental será construída em Porto Belo

Recurso foi garantido através do Governo do Estado de Santa Catarina

Mais notícias

Geral

Agricultura entrega documentação para regularizar mais de 1,8 mil imóveis rurais de Abelardo Luz

Com o Programa Terra Legal, a Secretaria da Agricultura fornece o georreferenciamento necessário para que os produtores conquistem a escritura da terra