keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Itajaí propõe que APM Terminals mantenha arrendamento dos berços durante fase de transição

Medida ocorre após o Município oficiar a União que aceita a prorrogação da Autoridade Portuária Municipal e pode ser válida a partir de janeiro de 2023

X
Siga-nos no google-news

O Município de Itajaí, por meio da Superintendência do Porto, propôs à APM Terminals, em ofício enviado nesta quinta-feira (28), a manutenção do arrendamento dos berços 1 e 2, nas condições do atual contrato, a partir de 2023. A medida dá continuidade à oficialização da prorrogação da Autoridade Portuária Pública e Municipal por até dois anos. Nesse período transitório, enquanto é concluído o processo de desestatização do terminal, o Município busca a melhor forma de dar seguimento ao trabalho operacional.

No documento enviado à APM Terminals, o Município solicita que a empresa manifeste se há interesse em continuar com as operações no Porto de Itajaí a partir de janeiro de 2023 até a conclusão do processo de desestatização. Em caso positivo, o contrato transitório seria assinado de imediato pelo período de seis meses, podendo ser automaticamente prorrogado até o término do processo de desestatização, mantendo as mesmas condições econômicas e operacionais já estabelecidas no atual arrendamento, que encerra em 31 de dezembro deste ano. O ofício dá prazo de 48 horas para a APM se manifestar sobre o assunto.

“Neste período de transição, que inicia em 2023, o Município e a Superintendência do Porto de Itajaí buscarão a melhor proposta para garantir a continuidade das operações portuárias na cidade, assim como temos feito ao longo dos últimos 25 anos do convênio de delegação. O importante trabalho realizado pela APM Terminals durante esses anos demonstra como viável a promoção de contrato transitório de operação dos berços 1 e 2”, destaca o superintendente do Porto de Itajaí, Fábio da Veiga.

Município oficializa ao Governo Federal a prorrogação da Autoridade Portuária

O Município e a Superintendência do Porto de Itajaí também protocolaram, na quarta-feira (27), ofício ao Ministério da Infraestrutura/Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários concordando com a proposta da União de prorrogação do convênio de delegação por até dois anos. O Município enfatiza que é contrário à uma cláusula resolutiva presente no documento, mas informa que aceita a renovação da Autoridade Portuária Pública Municipal para evitar prejuízos maiores ao Porto de Itajaí.

Em reunião na segunda-feira (25), em Brasília (DF), uma comitiva itajaiense, liderada pelo prefeito Volnei Morastoni e pelo superintendente do Porto Fábio da Veiga, solicitou a exclusão da cláusula resolutiva do contrato de prorrogação para garantir o prazo de delegação pelos próximos dois anos, sem possibilidade de encerrá-lo antes. A medida era importante para impedir problemas socioeconômicos que a insegurança logística possa causar, mas a União decidiu manter a cláusula.

“O Porto de Itajaí é o coração econômico da cidade, que é a 12ª do país em arrecadação federal. Fazer uma transição de uma maneira estável e segura é fundamental, tanto para o Município como para o Governo Federal. Vamos manter a gestão municipal nessa fase de transição porque entendemos que é a melhor forma de dar continuidade e evitar que a cidade e os cidadãos sejam prejudicados até que seja finalizado o processo de desestatização”, ressalta o prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni. 

Fonte: Clicsc

Cidades

Itajaí inicia obras de R$17 milhões que deve melhorar 40 ruas da cidade

A grande operação vai contemplar com melhorias ruas de diversos bairros da cidade

Cidades

Mutirão de castrações deve atender 400 animais em Itajaí

Na quinta (04) e sexta-feira (05), as castrações serão realizadas no pátio da Igreja Santa Clara, no bairro São Vicente

Cidades

Audiência Pública apresenta Diagnóstico Socioambiental do Município de Porto Belo

Diagnóstico Socioambiental do Município de Porto Belo, tratando do parcelamento do solo urbano, para dispor sobre as áreas de preservação permanente no entorno de cursos d’água

Cidades

Prefeito de BC apresenta realidade do Hospital Ruth Cardoso ao governador Carlos Moisés

Ruth Cardoso foi concebido para ser um hospital municipal e desde sua abertura atende a região, que é uma das que mais crescem demograficamente no Estado

Mais notícias

Turismo

Roteiro de viagem em São José: o que fazer?

Quer fazer um roteiro de viagem em São José? Iremos te mostrar os lugares que você não pode deixar de visitar na sua estadia!