keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Justiça manda tirar do ar matérias “falsas” sobre o caso Mari Ferrer

De acordo com a decisão, as matérias em questão, afirmam que o empresário é dono do estabelecimento onde teria sido praticado o crime de estupro contra Mariana.

X

Desembargador e relator da ação, Carlos Dias Motta mandou retirar do ar reportagens sobre o caso de estupro envolvendo a influenciadora digital Mariana Ferrer, sob a alegação de que o conteúdo é “falso e lesivo”. O pedido foi aberto na Justiça de São Paulo pelo empresário Álvaro Luiz Monteiro de Carvalho Garnero. As informações são do portal ND+.

De acordo com a decisão, as matérias em questão, que já foram retiradas do ar, afirmam que o empresário é dono do estabelecimento onde teria sido praticado o crime de estupro contra Mariana. Na segunda publicação, fala-se que o nome de Álvaro está circulando nas redes sociais com a acusação de estupro denunciado por uma modelo e envolvendo o senador Irajá Silvestre Filho (PSD), filho da senadora Kátia Abreu (PDT).

Duas outras matérias ainda garantem o estupro de Ferrer, mesmo com absolvição dos acusados na Vara Criminal de Florianópolis (SC).

“Os agravantes alegam, em síntese, que notícias veiculadas na internet são falsas e causam danos aos seus direitos da personalidade. Até mesmo para pessoas renomadas, que levam deliberadamente a público assuntos particulares, ainda existe uma esfera de intimidade e privacidade a preservar, sob pena de ser violado o princípio constitucional da dignidade da pessoa humana”, diz.

A decisão, publicada no Diário de Justiça de São Paulo (DJSP), diz que “toda a atividade da imprensa deve guardar o mínimo de respeito à dignidade da pessoa humana, pois a liberdade de imprensa, conquistada a alto preço, não pode ser motivo para violação imotivada e injustificada de princípios igualmente contemplados na Constituição Federal”.https://visornoticias.com.br/deputadas-federais-apresentam-o-projeto-da-lei-mariana-ferrer/embed/#?secret=LGdLB4AZ97https://visornoticias.com.br/caso-mari-ferrer-corregedoria-pede-integra-do-video-para-investigar-a-atuacao-de-promotor/embed/#?secret=7Ju0x1l7Xvhttps://visornoticias.com.br/mp-nega-estupro-culposo-e-alega-falta-de-provas-no-caso-mari-ferrer/embed/#?secret=RS3s97mvv3https://visornoticias.com.br/em-sentenca-inedita-juiz-aceita-tese-de-estupro-culposo-no-caso-mariana-ferrer-e-revolta-internet/embed/#?secret=g9ITA8MQ0r

Fonte: ND+

Segurança

Polícia investiga assassinatos causados por possível Serial Killer em Curitiba

Por conta das semelhanças entres os assassinatos, a Polícia Civil trabalha com a hipótese de crime de ódio cometido pela mesma pessoa

Segurança

Jovem responsável por ataque em creche de Saudades recebe alta do hospital

O jovem estava internado desde o dia do ataque, quando depois de matar três crianças e duas trabalhadoras da creche, tentou suicídio.

Segurança

URGENTE: Carro invade loja em Balneário Camboriú e motorista é preso pela PM

No vídeo é possível ver a Polícia Militar abordando ele na sequência enquanto o carro estava dentro da loja

Segurança

Grávida de seis meses que foi encontrada morta em casa pelo pai é identificada

Marido da jovem não foi encontrado na residência; caso é investigado pela polícia

Segurança

Identificada mulher que foi morta com golpes de faca no dia do aniversário em SC

Quando os policiais entraram, viram duas crianças dormindo na casa

Mais notícias

Geral

Timbó se candidata oficialmente para sediar os Jasc em novembro

Os jogos serão realizados entre 24 e 30 de novembro.

economia

Abate de bovinos cai 10,3% no primeiro trimestre do ano

Quanto aos suínos, foram abatidos no primeiro trimestre de 2021 12,53 milhões de cabeças, acumulando peso de carcaças de 1,15 milhão de toneladas.