keyboard_backspace

Página Inicial

coronavirus

Justiça proíbe desfiles de trios elétricos em Balneário Camboriú durante o Carnaval

Ação Civil Pública com pedido de liminar foi ajuizada assim que a Prefeitura Municipal divulgou relise anunciando o desfile de um trio elétrico da Liga Carnavalesca com o Rei Momo e sua corte no sábado e no domingo, na Avenida Atlântica

X
Celso Peixoto

Os desfiles de trios elétricos e carros de som e, consequentemente, as festas de rua com esses equipamentos, estão proibidos durante todo o período do feriado prolongado de Carnaval em todo o território do município de Balneário Camboriú. A decisão em caráter liminar da Vara da Fazenda Pública atende ao pedido feito pela 6ª Promotoria de Justiça em ação civil pública (ACP) visando a impedir esse tipo de evento.

A ACP foi ajuizada na tarde de quinta-feira (11/2), e a liminar foi deferida no início da tarde desta sexta-feira (12/2), após o Município confirmar a intenção de realizar o desfile do trio elétrico da Liga Carnavalesca, como o Rei Momo e as Princesas do Carnaval, animado pelo DJ Teixeira conforme divulgado oficialmente no site da Prefeitura Municipal de Balneário Camboriú. A programação divulgada oficialmente também incluía o Carnaval das Antigas nos Bairros, com carros puxando o Bonde do Siri Sarado, nos bairros.

Todos esses eventos estão proibidos pela medida liminar.

Na ação, a 6ª Promotoria de Justiça comprova os riscos de contágio pela covid-19 que eventos como o desfile de carros de som e trios elétricos nas ruas podem oferecer devido à impossibilidade de garantir que o público respeite as normas de distanciamento social e uso de máscaras nessas situações, além do fato de que tais comemorações e atividades estão proibidas na região, que encontra-se na classificação de risco grave para o novo coronavírus.

A permissão ou promoção de eventos dessa natureza, por parte do poder público, em regiões enquadradas no risco grave, pode configurar supostos atos ilegais na área da moralidade administrativa além de ser passível, também, de responsabilização nas áreas civil, por danos morais coletivos, e penal, por crimes contra a saúde pública, por exemplo.

Fonte: Clicsc

coronavirus

Latinos viajam aos Estados Unidos em busca de imunização

A América Latina é uma das regiões mais afetadas pela pandemia de covid-19, com o número de mortos próximo de superar 1 milhão neste mês

coronavirus

Em um mês, seis pessoas da mesma família morrem vítima da Covid-19 em SC

Sexta morte por coronavírus foi registrada na terça-feira (11) na mesma família

coronavirus

Liminar proíbe funcionamento e divulgação de novos eventos de casa noturna no Sul de SC

O novo decreto do Estado de Santa Catarina permite o funcionamento de casas noturnas, boates, casa de shows e pubs, mas seguindo diversas regras e apenas para eventos sociais.

coronavirus

Anvisa orienta suspensão de vacina da AstraZeneca para grávidas

A decisão é resultado do monitoramento de eventos adversos feito de forma constante sobre as vacinas contra a covid-19 em uso no país.

coronavirus

Pessoas com comorbidades acima de 50 anos serão vacinadas contra a covid-19 em São José

Para a vacinação é necessário apresentar o comprovante da primeira dose (Cartão de vacinação), um documento com foto e o QR-Code (o não cadastro não impede a vacinação, mas agiliza o processo).

Mais notícias

Geral

Santa Catarina tem mais de 4 mil vagas abertas pelo Sine

As ocupações regulares com mais vagas abertas são: auxiliar de linha de produção; costureira em geral; carpinteiro; operador de processo de produção e servente de pedreiro.

Geral

Cidasc alerta para o risco do consumo de leite cru

Inúmeros patógenos podem ser veiculados pelo leite sem pasteurização e acometer a saúde do consumidor, como Brucelose, Tuberculose, Salmonelose, infecção por Escherichia coli, Listeriose, entre tantas outras.