keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Menina de 11 anos é estuprada por 5 homens e jogada de penhasco de 20 metros

Adolescentes atraíram a criança até o local do crime e a obrigaram a ingerir cachaça pura

X

Um crime que chocou o Brasil foi registrado na madrugada de segunda-feira (9). Uma menina de 11 anos foi estuprada por cinco homens, sendo um deles seu tio. Depois do ato, a criança foi arremessada de um penhasco de 20 metros de altura. O fato ocorreu na Reserva Indígena de Dourados, no Mato Grosso do Sul.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. O delegado Erasmo Cubas, chefe do SIG (Setor de Investigações Gerais), declarou nesta terça-feira (11), que dois adolescentes atraíram a criança até o local do crime e a obrigaram a ingerir cachaça pura. Em seguida, a estupraram por diversas vezes. Segundo os suspeitos, a vítima, que gritava por socorro, acabou desmaiando.

O tio da vítima confessou que chegou ao local e também violentou sexualmente a menina. “Quando a vítima começou a recobrar a consciência, voltou a pedir socorro e disse que ia denunciar os autores. Por isso, eles decidiram jogá-la do penhasco para não serem descobertos”, afirmou o delegado.

O local onde o corpo foi encontrado fica na divisa das aldeias Bororó e Jaguapiru, que formam a Reserva Indígena de Dourados. A menina morava na Bororó e foi vista consumindo bebida alcoólica com os adolescentes na tarde de domingo (8). Preocupados com o desaparecimento, familiares saíram em busca da criança e encontraram o corpo na pedreira desativada.

Criminosos foram presos

Identificado como Elinho Arévalo, de 34 anos, ele confessou ter ajudado a estuprar e a matar a própria sobrinha. Ele também confessou que violentava a criança desde que ela tinha seis anos de idade. O tio preso chegou a ir até a delegacia, demonstrando interesse em saber como estava a investigação para prender os criminosos.

Entro os outros quatro presos, apenas um é comprovadamente maior de idade. Ele foi identificado como Leandro Pinosa, de 20 anos. Os outros três teriam entre 14 e 16 anos, mas a polícia ainda investiga se o de 16 anos tem de fato essa idade.

Os envolvidos estavam bêbados, e após 24 horas da morte da criança, a polícia não conseguiu interrogar um dos criminosos porque ele ainda apresentava sinais de embriaguez. Já durante a madrugada de terça-feira, os policiais conseguiram ouvir o depoimento do suspeito e as investigações prosseguiram.

Segurança

Família de Camboriú morre em acidente no Oeste de Santa Catarina

Colisão frontal entre dois carros foi registrada em Ponte Serrada na BR-282

Segurança

Operação policial prende 500 kg de carne de cavalo em Santa Catarina

Investigações começaram em maio de 2021 e conectam a possível venda ilegal aos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico

Segurança

Acidente entre duas carretas bloqueia a BR-376 entre o PR e SC

O trecho do acidente é o mesmo em que um ônibus tombou no início deste ano, causando a morte de 19 pessoas

Mais notícias

Geral

Palestra orienta empresários do ramo da alimentação em Itapema

Microempresário Ricardo de Almeida participou do evento e ressaltou a importância das palestras especiais

Cidades

Vokkan lança manifesto para apresentar o posicionamento do VivaPark Porto Belo, primeiro bairro parque do Brasil

Localizado em Porto Belo, no litoral catarinense, o primeiro bairro parque do país tem a proposta de trazer novas experiências e sensações para seus moradores.