keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Menina de 11 anos tem perna amputada após acidente com carro alegórico no RJ

Uma menina de 11 anos teve uma das pernas amputada hoje após sofrer um acidente na abertura do carnaval do Rio de Janeiro. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o estado de saúde dela é […]

X

Uma menina de 11 anos teve uma das pernas amputada hoje após sofrer um acidente na abertura do carnaval do Rio de Janeiro. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o estado de saúde dela é grave.

Raquel Antunes da Silva foi socorrida no posto médico do sambódromo e depois levada para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro da cidade, onde passou pela cirurgia.

O acidente aconteceu na dispersão, na Rua Frei Caneca, já fora do sambódromo, onde as pernas da menina ficaram prensadas entre um poste e um carro alegórico da escola de samba Em Cima da Hora, a primeira a desfilar pela Série Ouro na Marquês de Sapucaí.

Testemunhas relataram à GloboNews que a criança estava com a mãe em uma lanchonete nas proximidades do sambódromo e se separou dela para ver a dispersão do desfile. Nesse momento, segundo relato da própria mãe da menina, ela subiu em um dos carros quando ele estava parado, versão corroborada pelas ligas das escolas de samba.

O desfile das escolas de samba chegou a ser interrompido para que uma perícia fosse realizada no local, o que acarretou no atraso de cerca de uma hora nos desfiles seguintes.

Segundo a Polícia Civil, investigações estão em andamento. Além da perícia, imagens de câmeras de segurança foram coletadas e estão sendo analisadas. A escola de samba Em Cima da Hora também afirmou que está apurando as circunstâncias do acidente.

Mãe da menina passou mal com notícia

Na manhã de hoje, a mãe da menina, Marcela Portelinha Antunes, passou mal ao saber que Raquel teve uma das pernas amputada, segundo informações da TV Globo. Marcela está grávida e chegou a desmaiar.

À TV Globo, a mãe de Raquel disse que as pernas da menina ficaram dilaceradas. Uma tia da menina relatou à TV que após 8 horas de cirurgia ela está estável e não corre o risco de perder a outra perna.

Ligas prestam solidariedade à Raquel

A Lierj (Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro) e a Liesa (Liga Independente das Escolas de Samba) divulgaram uma nota conjunta, por meio da qual lamentam o acidente e prestam solidaridade à Raquel e sua família.

Veja na íntegra:

“As ligas das escolas de samba do Rio de Janeiro estão abaladas e se solidarizam com a família de Raquel Antunes.

A jovem menor subiu no carro alegórico fora do Sambódromo, na Rua Frei Caneca, no Estácio, após deixar a área de dispersão. Prontamente, em menos de dois minutos, ela foi socorrida e levada ao Hospital Sousa Aguiar, onde foi submetida a cirurgias.

Equipes das Ligas e da Escola acompanham o caso na unidade hospitalar ao lado da família desde o primeiro instante e também colaboram com as autoridades. Nesse momento, é preciso esperar a apuração da perícia e autoridades para novos esclarecimentos”.

Fonte: Clicsc

Geral

Posto de Emissão de Passaportes e Atendimento a Migrantes da Polícia Federal inaugura novo espaço no Itajaí Shopping

A Polícia Federal do Itajaí Shopping realiza, em média, 50 atendimentos diários a migrantes e 100 atendimentos para expedição de documento de viagem por dia

Geral

Investimentos melhoram condições de rodovias estaduais

De 2019 até agora, foram aplicados R$ 307,22 milhões em ações que vão desde o tapa buracos e roçada até a revitalização do pavimento

Geral

Postos de Santa Catarina venderão gasolina a R$4,99 o litro

Cada cliente poderá abastecer atá 15 litros por carro e cada filial disponibilizará 5 mil litros de gasolina comum pelo valor diferenciado

Geral

Auxílio de R$ 568,18 começa a ser pago aos estudantes contemplados nesta sexta-feira, 20

Os bolsistas que informaram uma conta corrente do Banco do Brasil receberam ambas as parcelas nesta sexta

Mais notícias

Segurança

Traficante é preso com 100 pés de supermaconha em Florianópolis

O local onde a droga foi encontrada foi em uma casa no bairro Rio Vermelho