keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Mesmo após lei da Alesc proibir pedágios, MP diz Bombinhas pode cobrar TPA

TPA de Bombinhas já foi considerada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), constitucional

X

Após a aprovação de um projeto de lei na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), que proíbe a cobrança de pedágios urbanos, a 2ª Promotoria de Justiça de Porto Belo, arquivou uma notícia de fato sobre a continuidade da cobrança da Taxa de Preservação Ambiental (TPA) em Bombinhas. De acordo com a nota publicada pela colunista da NSC, Dagmara Spautz, o entendimento foi de que o caso de Bombinhas já está pacificado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que considerou a taxa constitucional. A TPA voltou a ser cobrada no dia 15 de novembro.

O STF julgou o caso no ano passado, em resposta a uma ação direta de inconstitucionalidade movida pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC). A Suprema Corte concluiu que a cobrança, em Bombinhas, não viola o direito de ir e vir e tem respaldo na preservação ambiental.

Os efeitos da aprovação da emenda constitucional na Alesc, em outubro, foram avaliados pelo Centro de Apoio Operacional do Controle da Constitucionalidade (Ceccon) do MPSC. A conclusão foi que, no caso de Bombinhas, não cabem mais questionamentos constitucionais à taxa, e por isso a manutenção da cobrança não expõe o prefeito Paulo Dallago Muller a ação por improbidade.

Um dos questionamentos feitos à continuidade da cobrança ao Ministério Público partiu do deputado estadual Ivan Naatz (PL), autor da PEC dos pedágios urbanos, que enviou em 17 de novembro ao Procurador Geral do Estado, Fernando Comin, um ofício em que questionou a retomada da cobrança.

O parecer do MPSC diz respeito apenas a Bombinhas. Santa Catarina também tem pedágio instituído em Governador Celso Ramos, onde a cobrança foi suspensa pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) antes da aprovação da PEC.

Fiscalização

A TPA de Bombinhas é alvo de um procedimento de acompanhamento e fiscalização por parte do Ministério Público, na 1ª Promotoria de Justiça. Neste momento, estão sob análise as contas desde o início da cobrança, na temporada 2014-2015. A perícia é feita pelo Centro de Apoio Técnico do MPSC e o resultado deve sair em abril do ano que vem.

Geral

Polícia Civil localiza corpo de homem desaparecido e faz prisões em Laguna

Após as investigações preliminares, constatou-se que o homem teria vindo para Laguna ainda madrugada de 1º de janeiro.

Geral

Vídeo: motorista fica ferida após ter carro prensado entre 2 caminhões em SC

Mulher de 25 anos foi levada ao hospital estável, relatando dores nas pernas.

Geral

Prêmios de loterias não resgatados somam R$ 312 milhões em 2020

Valor 'esquecido' é o menor em 5 anos. Pela lei, o dinheiro é repassado integralmente ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Geral

Empresa inicia obra de recuperação de cabeceiras da ponte entre Dona Emma e Presidente Getúlio

Para o retorno da normalidade será realizado enrocamento nas cabeceiras, remoção da vegetação, pavimentação e sinalização.

Geral

Alto volume de chuva interrompe temporariamente obras de esgoto⁣ em Itajaí

A orientação da equipe de fiscalização é para que motoristas que circulam por estas vias tenham cautela e sigam as orientações da sinalização de trânsito

Mais notícias