keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Milagre! Motorista sai ileso após caminhão pegar fogo em trecho perigoso da BR-376 no PR

Motorista do caminhão conseguiu se salvar quando cabine pegou fogo

X

Um acidente foi registrado na manhã de domingo (5), na BR-376, em Guaratuba (PR), divisa com Santa Catarina. No local um caminhão pegou fogo no sentido Curitiba (PR). O motorista saiu ileso.

De acordo com a Arteris Litoral Sul, concessionária que administra a rodovia, o fogo iniciou por volta das 6h30 no quilômetro 671,9 da rodovia. Ainda conforme a Arteris, as pistas estão liberadas em no local, no entanto, o trânsito flui com lentidão. No momento, há  2,5 quilômetros de fila no trecho.

Equipes do Corpo de Bombeiros também atuaram no local, além da Polícia Rodoviária Federal (PRF). A causa do início do incêndio não foi informada. Um motorista que passava no local registrou o momento do incêndio.

Segurança

Jovem grávida esmagada por contêiner em Brusque; Caminhoneiro foi condenado pela Justiça

Motorista de caminhão foi condenado por homicídio culposo, quando não há intensão de matar

Segurança

Esposa e amante são condenados por matarem homem com golpes de faca, foice, pedra e martelo em SC

Após mais de 12 horas de julgamento, os jurados, que formam o Conselho de Sentença, condenaram os réus por homicídio

Segurança

Filho encontra pote com pênis decepado no jardim na casa da mãe

Rapaz, que é jardineiro, cuidava do jardim da residência quando achou o objeto no chão

Segurança

Idoso morre aos 74 anos em acidente com trator

Um homem idoso de 74 anos morreu em um acidente com trator na cidade de Petrolândia nesta quinta-feira (16). O homem trabalhava com o trator quando o veículo tombou. Rainvaldo Krause, de 74 anos, sofreu […]

Mais notícias

Geral

Defesa Civil emite alerta de temporais e descargas elétricas neste sábado em Santa Catarina

A tempestade surge da combinação de umidade e temperaturas elevadas

coronavirus

Vacinação em SC: Estado começa a distribuir doses para reforço em pessoas com alto grau de imunossupressão

Elas serão usadas para o início da aplicação da dose de reforço nas pessoas com alto grau de imunossupressão, com esquema vacinal completo a mais de 28 dias