keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Ministério Público denuncia padrasto e mãe que espancaram menina de 11 anos até a morte em SC

Ministério Público de Santa Catarina denunciou um casal por tortura, estupro e homicídio

X
Divulgação
Siga-nos no google-news

O Ministério Público de Santa Catarina denunciou um casal por tortura, estupro e homicídio da menina Luna Nathielli Bonett, de 11 anos, que foi brutalmente agredida até a morte, em Timbó.

De acordo com o que foi apurado nas investigações, os acusados – mãe e padrasto – como forma de aplicar castigos à menina, passaram a agredi-la diariamente, com socos, tapas, golpes com chinelos e surras com pedaços de mangueiras de jardim.

Segundo os Promotores de Justiça que assinam a ação, Alexandre Daura Serratine e Tiago Davi Schmitt, a violência física era acompanhada de graves ameaças, sempre visando aterrorizar a criança e reduzi-la, psicologicamente, a uma forma desumana, a proibindo até mesmo de frequentar a escola.

No dia 13 de abril, a violência aplicada foi tanta, que a menina não resistiu a golpes contundentes contra o rosto, a cabeça e o tórax e morreu. O laudo cadavérico demonstrou, ainda, que na ocasião ela foi estuprada, pois apresentava ferimentos nas partes íntimas.

Após o homicídio, os réus apagaram a memória dos celulares e iniciaram a limpeza e reorganização da cena do crime para impedir o descobrimento da verdade. Em depoimento à polícia, a mãe ainda se acusou falsamente, assumindo toda a responsabilidade pela morte da filha, para proteger seu companheiro.

Ao receber a denúncia, o Juízo da Comarca de Timbó manteve os réus presos preventivamente. A partir do recebimento, tem curso o processo penal, no qual os acusados poderão exercer seu amplo direito à defesa e ao contraditório.

Fonte: Clicsc

Segurança

Homem invade UTI e mata paciente com cinco tiros no Rio Grande do Sul

A vítima estava internada após ter sobrevivido a uma tentativa de homicídio na madrugada de domingo (14)

Segurança

Traficante envolvido na morte de policial mantinha vida de luxo no Litoral catarinense

O alvo principal foi preso na rua 406, no Morretes, em um sítio

Segurança

PRF e PF prende português procurado pela Interpol por abuso sexual de menor

Após troca de informações entre os dois órgãos, o estrangeiro de 77 anos foi localizado

Segurança

Justiça condena homem a 28 anos de prisão por latrocínio de taxista idosa em Laguna

Mulher foi atingida por 19 golpes, 17 desses na cabeça, retirada do veículo e depois novamente agredida com paulada

Segurança

MPSC exige que construção irregular seja demolida em Porto Belo

Município vem atuando nos últimos meses para evitar as construções irregulares

Mais notícias

Segurança

Homem invade UTI e mata paciente com cinco tiros no Rio Grande do Sul

A vítima estava internada após ter sobrevivido a uma tentativa de homicídio na madrugada de domingo (14)