keyboard_backspace

Página Inicial

coronavirus

Ministros dizem que população será vacinada até o final do ano

Eles participaram do Fórum de Investimentos da Apex-Brasil

X
Divulgação

Os ministros da Saúde, Marcelo Queiroga, e da Economia, Paulo Guedes, disseram hoje (31) que o Brasil terá toda sua população vacinada até o final do ano. A fala foi feita por Queiroga e confirmada por Guedes em videoconferência, durante o Fórum de Investimentos Brasil 2021 – evento organizado pela Apex-Brasil, pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento e pelo governo federal, voltado a investidores estrangeiros.

Fórum de Investimentos Brasil 2021,  ministro Marcelo Queiroga apresentou algumas oportunidades na saúde pública e suplementar.

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, durante o Fórum de Investimentos Brasil 2021 – Ministério da Saúde

“Como disse o ministro Queiroga, a vacinação em massa é a principal política econômica que podemos fazer por agora”, disse Guedes ao reafirmar a intenção do governo em garantir o retorno seguro dos trabalhadores brasileiros ao ambiente de trabalho. “Não faltarão recursos para [a importação e a produção de] vacinas”, garantiu o ministro da Economia.

Momentos antes, Queiroga disse ter “certeza de que até o fim do ano vamos conseguir imunizar todos os cidadãos”, e apontou como prioridade de sua pasta dar celeridade à campanha de vacinação e o reforço de medidas sanitárias. Ele acrescentou que a vacinação contribuirá para o crescimento da economia brasileira, e que, para cada 10% da população vacinada projeta-se um crescimento de 0,13 ponto porcentual para a economia do país.

Ambiente econômico

Em seu discurso, o ministro Paulo Guedes corroborou com as declarações do ministro da Saúde, no que se refere à correlação entre vacinação e melhora do ambiente econômico, e disse estar otimista com os resultados que o país vem apresentando em termos de receita.

Segundo ele, a expectativa é de que a economia tenha crescimento superior aos 3,5% projetados para este ano. Ainda de acordo com o ministro, os recordes de receita que vêm sendo registrados “demonstram o vigor da recuperação econômica” do país.

Guedes listou algumas medidas adotadas pelo governo, no sentido de garantir “emprego e proteção aos mais vulneráveis”, o que, segundo ele, possibilitou a manutenção de 11 milhões de empregos formais.

Fonte: Clicsc

coronavirus

Santa Catarina tem ocupação de 95,5% dos leitos de UTI Adulto pelo SUS

O novo coronavírus causou 16.374 mortes no estado desde o início da pandemia. Com isso, a taxa de letalidade é de 1,59%.

coronavirus

Arraiá de Vacinação garante imunização de mais de 600 pessoas em Itapema

O último sábado (19/06) foi de imunização em Itapema com o Arraiá da Vacinação contra o coronavírus. Mesmo com as fortes chuvas, 609 pessoas foram até a Unidade Básica de Saúde (UBS) Gastão Dias (final […]

coronavirus

Lactantes de Porto Belo devem agendar vacinação contra o coronavírus

Os agendamentos ocorrem de acordo com a chegada das vacinas indicadas a este grupo

coronavirus

Estudo preliminar indica que exercícios físicos melhoram sintomas de sequelas de Covid-19

Participam da pesquisa também a Universidade do Extremo Sul Catarinense(UNESC) e Universidade do Sul Catarinense (UNISUL).

coronavirus

SC confirma 1.026.819 casos e 16.328 mortes por coronavírus

Aos casos confirmados se somaram 1.475, enquanto a estimativa de recuperados aumentou 2.641.

Mais notícias

Geral

Prefeitura de São José promove o incentivo à alimentação e à agricultura familiar

Atualmente o Município conta com 19 agricultores familiares vinculados, sendo ofertados mais de 30 produtos orgânicos,