keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Mulher pede socorro por meio de aplicativo de delivery após ser agredida pelo marido

Chegando ao local após informações os policiais deram voz de prisão ao marido pela Lei Maria da Penha

X
Reprodução

Nesta quinta-feira (16), um estabelecimento comercial recebeu um pedido de socorro por meio de um aplicativo de Delivery na cidade de Balneário Camboriú.

A mensagem foi enviada por uma mulher que relatou que seu marido estava a agredindo e precisava de ajuda. A mensagem dizia que estava sendo agredida e o marido não a deixava sair de casa. O estabelecimento comercial, então, informou a Polícia Militar sobre o pedido.

Chegando ao local após informações os policiais deram voz de prisão ao marido pela Lei Maria da Penha.

Fonte: Clicsc

Segurança

Polícia Militar de Santa Catarina recebe 140 novas viaturas

Os veículos SUV, modelo Chevrolet Tracker, serão distribuídos a 91 municípios catarinenses

Segurança

Tribunal do Júri condena homem que tentou matar ex-companheira com golpes de tesoura em SC

Os jurados entenderam que ele praticou tentativa de homicídio qualificado por feminicídio

Segurança

PM vai a júri por morte de jovem que usava arma de brinquedo do tipo airsoft no quintal

Vítima estava no quintal de casa e manuseava uma "arma de brinquedo do tipo airsoft" quando foi surpreendida pela guarnição

Segurança

Adolescente é perseguida e estuprada no meio da rua em Joinville

Uma testemunha que passava pelo local, ouviu os gritos de socorro, ajudou a adolescente e acionou a polícia

Segurança

“Stalker” é preso escondido dentro da casa da vítima

O suspeito foi preso dentro da residência da vítima, a qual já havia proibido várias vezes a sua entrada

Mais notícias

Segurança

Polícia Militar de Santa Catarina recebe 140 novas viaturas

Os veículos SUV, modelo Chevrolet Tracker, serão distribuídos a 91 municípios catarinenses

Tempo

Tornado de mais de 100km/h atinge cidade catarinense

Segundo informações, os prejuízos atingem R$10 milhões. Ao menos 50 edificações em áreas rurais foram destruídas com os ventos