keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Mulher suspeita de atear fogo no próprio pai é presa pela Polícia Civil de Itapema

Em agosto do ano passado um homem de 53 anos foi surpreendido na Estrada Geral dos Caetés

X
Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil de Itapema prendeu na tarde desta segunda-feira (25), uma mulher de vinte e um anos, que estava foragida. Ela é investigada pela prática de tentativa de homicídio, suspeita de mandar matar o próprio pai. A prisão preventiva foi expedida pela Comarca de Camboriú. 

Em agosto do ano passado um homem de 53 anos foi surpreendido na Estrada Geral dos Caetés, no interior de Camboriú por pessoas que o agrediram e  atearam fogo em seu carro. Ele teria marcado um encontro com sua filha no local para resolver problemas familiares. Na época ele foi levado ao hospital e sobreviveu aos ferimentos. 

O setor de investigações da Polícia Civil recebeu  informações do paradeiro da investigada e após diligências descobriram seu endereço, onde efetuaram a sua prisão.

Fonte: Clicsc

Segurança

Polícia investiga assassinatos causados por possível Serial Killer em Curitiba

Por conta das semelhanças entres os assassinatos, a Polícia Civil trabalha com a hipótese de crime de ódio cometido pela mesma pessoa

Segurança

Jovem responsável por ataque em creche de Saudades recebe alta do hospital

O jovem estava internado desde o dia do ataque, quando depois de matar três crianças e duas trabalhadoras da creche, tentou suicídio.

Segurança

URGENTE: Carro invade loja em Balneário Camboriú e motorista é preso pela PM

No vídeo é possível ver a Polícia Militar abordando ele na sequência enquanto o carro estava dentro da loja

Segurança

Grávida de seis meses que foi encontrada morta em casa pelo pai é identificada

Marido da jovem não foi encontrado na residência; caso é investigado pela polícia

Segurança

Identificada mulher que foi morta com golpes de faca no dia do aniversário em SC

Quando os policiais entraram, viram duas crianças dormindo na casa

Mais notícias

Segurança

Polícia investiga assassinatos causados por possível Serial Killer em Curitiba

Por conta das semelhanças entres os assassinatos, a Polícia Civil trabalha com a hipótese de crime de ódio cometido pela mesma pessoa

Geral

Homem é preso depois de atirar de janela de hotel para a rua em Balneário Camboriú

A arma era um revólver Cal. 32 contendo quatro munições intactas e duas deflagradas